Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Pais da Escola Estadual do bairro Alfândega se manifestam sobre a falta de uma gestão escolar

Baixar Áudio por João Paulo Deluca

E.E. João Machado Rosa está sem diretor e vice-diretor

Foto: Divulgação

Há pelo menos dois meses a Escola Estadual João Machado Rosa, no bairro Alfândega, uma das mais antigas do município, com 65 anos de existência, está com defasagem de pessoal.

Este assunto foi levantado pelo vereador Eldo Milani na Câmara de Vereadores, na segunda-feira e com repercussão também junto aos pais de alunos da escola que estão preocupados com esta situação.

Com a licença saúde da diretora Fátima Dupont e aposentadoria da vice-diretora, Marinês a Décima Sexta Coordenadoria de Educação não delegou a função para ninguém e também não encaminhou substituto.

De acordo com o presidente do CPM, Vanderlei Damiani, a escola atende a 73 alunos do pré ao quinto ano, sendo que 51 são da rede Estadual e 22 que são do pré estão vinculados a Escola Municipal Attílio Tosin por ser de responsabilidade do Município e que o Estado sede as salas.

Atuam no educandário, três professores pela manhã, dois à tarde, a merendeira e uma servente. Na secretaria atua, uma profissional duas vezes por semana. Além do pedido da indicação para a gestão da escola, a necessidade também é que seja designado mais um professor para atender a escola e separar as turmas do primeiro e segundo ano que hoje estão na mesma sala.

Márcia Borsatto, presidente do Conselho Escolar, diz que os pais já manifestaram o problema junto à Décima Sexta Coordenadoria de Educação, mas que até o momento não tem tomado providências.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais