Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Suspensão das provas dos concursos para o Censo 2021 impacta dois editais abertos na região Nordeste do Rio Grande do Sul

por Isadora Helena Martins

Estavam previstas mais de 1,3 mil vagas temporárias para a realização do censo na região

Foto: Divulgação / Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou nesta terça-feira (06) a suspensão das provas dos concursos para o Censo 2021. A medida foi tomada devido ao corte no orçamento inicial de R$ 2 bilhões, para R$ 71 milhões para a realização do levantamento.

Com isso, dois dos quatro editais de seleção de pessoas para trabalharem junto ao IBGE na Região Nordeste do Rio Grande do Sul foram suspensos. Os processos impactados são os que previam vagas de recenseador e vagas para agente censitário municipal e supervisor.

Já os editais para contratação de Agentes de Pesquisa e Mapeamento (APM) e Supervisores de Qualidade e controle (SQC) seguem mantidos, bem como a aplicação das provas, prevista para 02 de maio.

Para os cargos ligados ao Censo 2021, eram 1306 vagas temporárias previstas para a Região Nordeste do Rio Grande do Sul, sendo 561 para Caxias do Sul. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o Técnico de Informações Geográficas e Estatística e Coordenador de Área da agência IBGE de Caxias do Sul, Clademir Guielcer de For, explicou que não há previsão sobre novas datas de aplicação das provas e nem a confirmação se o censo será realizado neste ano. “A situação dos processos fica suspensa. É diferente do ano passado quando houve o adiamento, naquele caso foram devolvidos os valores de inscrição aos candidatos. Isso é devido ao corte de orçamento, então como ainda não uma posição correta, o IBGE não cancelou nem adiou, apenas suspendeu a aplicação das provas”, explicou.

Na entrevista, Clademir também falou sobre os impactos do atraso para a realização do Censo 2021: “Impacta na vida de todos direta ou indiretamente. Alguém pode pensar que não utiliza o dado do Censo diretamente, mas os municípios, por menor que sejam, tem o fundo de participação que recebe da União e esse valor é determinado pela população, e, quem determina a população é o IBGE. O Censo vem a corrigir esse número então é um dado que vai afetar toda a população do Brasil, porque o dinheiro que chega no seu município é o que vai estar investido numa Unidade Básica de Saúde ou numa política pública qualquer”.        

Os candidatos que se inscreveram nos processos seletivos devem ficar atentos aos sites http://www.cebraspe.org.br e https://ibge.gov.br.

Ouça a entrevista no link acima da foto. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais