Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Prefeitura anuncia medidas emergenciais para qualificar a coleta de lixo

Central de Conteúdos Rádio Garibaldi

Contratação de fiscal e montagem de comissão permanente estão entre as medidas

Foto: Divulgação

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira, 11/04, a Prefeitura de Garibaldi anunciou medidas para buscar diminuir os problemas enfrentados com relação á coleta de lixo, que vem enfrentando dificuldades no município.

De acordo com a Prefeitura, enmtre as mediudas adotadas, está a contratação de um fiscal exclusivo para o acompanhamento da coleta. Além disso, foi criada uma comissão permanente para monitorar a coleta, composta por representantes das secretarias envolvidas, e pelo presidente da Câmara, vereador Cassio Fachi.

A Prefeitura também anunciou que a licitação para contratação da nova empresa está marcada para o dia 19 de maio.

Confira a nota completa divulgada pela Prefeitura:

"Com o objetivo de qualificar o recolhimento do lixo no município, a Prefeitura de Garibaldi realizará licitação para contratação de empresa prestadora do serviço. O certame está marcado para o dia 19 de maio.

Atualmente, há um contrato emergencial para suprir a demanda com a Ambi Transportes, já que a empresa anterior desistiu do serviço, alegando problemas de equilíbrio financeiro.

Até que o novo processo licitatório seja concluído, no entanto, a administração municipal definiu uma série de ações para amenizar os transtornos ocorridos na prestação do serviço.

Além da permanente cobrança de melhorias, a Prefeitura instalou comissão emergencial para buscar soluções ao problema, com representantes de secretarias envolvidas no processo, como a Secretaria de Meio Ambiente, e o Presidente da Câmara de Vereadores, Cassio Fachi. 

Além disso, a Prefeitura também anunciou a contratação de um fiscal exclusivo para o acompanhamento da coleta do lixo. “Esse profissional estará diariamente acompanhando a coleta para o cumprimento do serviço contratado pela administração”, enfatizou o Prefeito Chesini. Em caso de descumprimento, o Município irá tomar as medidas cabíveis previstas em contrato. 

Usina irá gerar energia a partir do lixo

A gestão dos resíduos em Garibaldi contará com reforço. Estão avançadas as ações para a instalação de usina que irá transformar lixo em energia e madeira biossintética. O contrato para a implantação da fábrica e prestação de serviço foi assinado com a Bioenergia Holding em setembro de 2022 e a expectativa de implantação é para 2024. 

A empresa receberá o lixo do município — resíduos sólidos urbanos, industriais e agrossilvopastoris — e, a partir disso, produzirá energia elétrica limpa e madeira biossintética. O processo parte da decomposição desses resíduos, que se transformam em biogás, o qual pode ser utilizado ou convertido em eletricidade.

A Administração Municipal também sancionou lei que autoriza a doação de terreno para a construção do empreendimento. O investimento na construção do prédio ficará a cargo da empresa. A prefeitura poderá colaborar com máquinas e equipamentos para obras de infraestrutura no local. Na primeira etapa, estão previstos 21 empregos diretos, chegando a um total de 54 postos de trabalho com o pleno funcionamento da fábrica."

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais