Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Luminárias e postes quebrados da decoração do Centro Histórico recebem críticas

Baixar Áudio por Denise Furlanetto

Depois da retirada da decoração natalina, restaram no Centro Histórico pelo menos seis pontos comprometidos da iluminação decorativa, alguns com postes quebrados, outros com as luminárias danificadas, quebradas ou queimada. Também a reclamação que vem repercutindo nas redes sociais é de que não foram recolocados os arranjos com os gerânios. Pelo que se tem de registro, algumas luminárias foram quebradas durante um temporal logo no início da instalação da decoração natalina, outra acabou pegando fogo (em frente a Ótica Bellini) conforme registro de moradores próximos.

De acordo com a secretária de Obras, Pauline Mombach, desde outubro, quando ocorreu a festa da criança no centro da cidade, foi se verificado a instabilidade dos postes da Buarque de Macedo. Alguns receberam reparos e a partir daí foi feito um levantamento para possível substituição e a devida manutenção. No final de novembro ocorreu um vendaval atingindo o centro da cidade quebrando algumas luminárias. Sobre a instalação das guirlandas, a secretária diz que as mesmas foram afixadas nos postes e não ocorreu nenhum descuido neste sentido.

Agora com a retirada de toda a decoração natalina, a prefeitura pesquisou onde haviam sido adquiridos esses postes e chegou na informação de que os mesmos foram comprados da China. Com dificuldade de localização do fornecedor, a secretaria buscou um contato com metalúrgicas da cidade para reprodução, o que está sendo difícil pelo material utilizado. Essas peças foram instaladas há seis anos.

Na Júlio de Castilhos, os postes não são os mesmos da Buarque e a fornecedora é empresa gaúcha, o que vai facilitar a troca. A secretária pede a compreensão da comunidade que todos os esforços estão sendo feitos para a melhoria da Buarque, bem como a recolocação dos vasos. A secretaria está atenta, está buscando caminhos e caso não consiga a reposição, a ideia é trocar pelas mesmas luminárias da Júlio e utilizar estas a serem retiradas na complementação da revitalização da Júlio entre a Dante Grossi até a Ermida. Outra necessidade de discussão é a ocupação da calçada com mesas, o que deve haver um regramento que também é um assunto que está na pauta da Secretaria de Obras.

 

Fotos: Beatriz Berto/Rádio Garibaldi

 

Ouça a notícia:

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais