Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
18:00:00
Encontro Certo
19:00:00
 
 

Comitiva de Garibaldi vai à Itália propor intercâmbio com instituto de enologia mais antigo do mundo

por Denise Furlanetto

Viagem inicia nesta segunda-feira, 13/11

Foto: Divulgação

Conhecida por seus vinhedos e excelência na produção de vinhos, Garibaldi quer aprimorar a qualidade dos produtos fabricados no município e potencializar o seu turismo rural. Para isso, uma comitiva da Prefeitura irá à Itália no dia 13 de novembro visitar o Instituto Estadual de Ensino Médio Superior GB Cerletti, popularmente chamado de Escola de Enologia ou Escola do Vinho. Com quase 150 anos, é a mais antiga escola de enologia do mundo e reconhecida pela produção dos melhores vinhos italianos.

Por 10 dias, o grupo liderado pelo prefeito Sérgio Chesini, mais do que estreitar os laços sociais, culturais e cooperativos, fará uma imersão nas técnicas adotadas nas áreas industrial, turística, do agronegócio e da agroindústria. E passará por Conegliano, Follina, Nove, Bassano del Grappa e Veneza, todas na região do Vêneto, especialista na produção do vinho prosecco. Em Conegliano, há a possibilidade de que seja firmada uma parceria com a Escola de Enologia. “Vamos propor um intercâmbio nesta área. No nosso retorno, pretendemos criar a bolsa-estudo de enologia e premiar nossos enólogos com um período na Itália para aprimoramento do conhecimento técnico por meio de cursos específicos, principalmente de espumantes”, explica Chesini.   

O grupo também passará por Trentino, região vizinha ao Vêneto, para propor um intercâmbio agrícola. Após conhecer o agronegócio local, a prefeitura de Garibaldi pretende, além de apoiar a ida de estudantes para a Itália, replicar no município as boas técnicas deles na área dos produtos agrícolas, apícolas, no enoturismo, na agricultura familiar e, sobretudo, no turismo rural. “É uma região que tem expertise no turismo rural, no enoturismo baseado na agricultura familiar. Nosso interior é riquíssimo e tem muito potencial. Então, vamos buscar parceria nessa área e, na volta, criar uma lei de incentivo ao turismo rural em Garibaldi”, amplia Chesini, destacando que a viagem será enriquecedora para a comunidade garibaldense.

“Teremos uma troca de informações muito valiosa a respeito de programas e da cultura italiana. Isso permitirá que a gente preserve ainda mais as nossas raízes aumentando nosso conhecimento e segurança para promover em Garibaldi palestras a respeito da cultura e da imigração italiana e criar corais e grupos folclóricos que possam fazer o elo entre o velho e novo mundo”, finalizou o prefeito.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais