Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Maior dirigente da história do Grêmio, Fábio Koff tinha estreita ligação com Garibaldi

Central de Conteúdos Rádio Garibaldi AM

Ex-presidente do clube morreu nesta quinta, aos 86 anos; ele morou em Garibaldi até a adolescência

Foto: Site do Grêmio

O ex-presidente do Grêmio Fábio Koff, considerado o maior dirigente da história do clube, morreu na manhã desta quinta-feira, dia 10, aos 86 anos, no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Ele estava internado desde o último dia 3, quando deu entrada com um quadro de anemia e infecção hepática que acabou evoluindo para outros órgãos.

Além de ser um ícone para todos os gremistas, Koff também tem uma marca especial com Garibaldi. Afinal, ele nasceu em Santa Tereza, na época pertencente a Bento Gonçalves, porém viveu durante toda a sua adolescência no município. Inclusive, em entrevista o Jornal Zero Hora em 2012, ele destacou que ouvia os jogos de seu time do coração em um rádio no Café Possobom, que ficava próximo à residência da família. Antônio Koff, que hoje dá nome a uma galeria no Centro de Garibaldi e a uma rua no bairro São Miguel, era avô de Fábio. Seu pai, José Koff, está enterrado no Cemitério Público Municipal de Garibaldi.

Depois da adolescência, Fábio foi a Porto Alegre, onde anos depois ingressaria no clube do coração, no qual durante três passagens como presidente, ajudou a conquistar uma série de títulos, dentre eles diversos campeonatos estaduais, uma Copa do Brasil, um Campeonato Brasileiro, uma Recopa Sul-Americana, duas Libertadores da América e um Mundial.

O corpo de Fábio Koff será velado a partir das 15h no saguão principal da Arena do Grêmio.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais