Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Detran divulga dados de acidentalidade envolvendo crianças e adolescentes no RS

por Dionatan

Vítimas menores de idade predominam como passageiros

Foto: Divulgação

Levantamento realizado pelo Detran/RS englobando um período de 10 anos, de 2007 a 2016, traz algumas informações surpreendentes. Por exemplo, crianças e adolescentes morreram dirigindo carros (33) ou pilotando motos (183), demonstrando negligência dos adultos responsáveis pelos veículos, por permitirem que eles assumissem a direção ou por deixarem as chaves em local acessível.

No mesmo período, morreram no Estado 5.134 condutores e 4.680 motociclistas de todas as faixas etárias. Sete crianças também perderam a vida na condição de carroceiros, em um universo de 58 vítimas fatais.

Esses números, porém, não se comparam aos de crianças e adolescentes mortos como passageiros de carros ou em carona de motos. De 3.356 vítimas fatais como passageiros, 557 tinham menos de 18 anos – ou mais de 16 %. Entre os 1.302 ciclistas mortos no período, 141 eram menores de 18 anos.

Falando em termos de números absolutos, a realidade parece ainda mais próxima. Perdemos 55 bebês de menos de um ano neste período de dez anos, 35 pequenos ciclistas com dez anos ou menos, 181 crianças de menos de dez anos como pedestres em nossas ruas e estradas e 233 como passageiro em carro ou moto.

“Procuramos colaborar para evitar acidentes de modo geral, mas algumas das ações do Detran/RS são mais focadas no público infantil. Um exemplo é o curso de educação para pedestres para professores do ensino fundamental, 20 horas aulas na modalidade EAD  que busca subsidiar pedagogicamente os professores para orientarem o público escolar”, explica  Adriana Reston, coordenadora de Tecnologia e Ensino a Distância do Detran/RS.

Alguns dos dados levantados foram utilizados para subsidiar a participação do Detran gaúcho na exposição Brinquedos Órfãos, uma realização da ONG Iptran trazida a Porto Alegre pela Concepa/Triunfo, após passar por Curitiba e Belo Horizonte. A mostra pode ser visitada no terceiro andar do Aeroporto Salgado Filho, próximo à praça de alimentação, até a próxima sexta-feira, 9 de junho.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais