Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Moradora de Soledade reclama do atendimento da central reguladora do SAMU em Porto Alegre

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Cidadã buscou socorro para sua mãe de 98 anos e não foi atendida

Sandra mostrou toda a sua indignação em relação ao atendimento do SAMU
Foto: Paulinho Paes/Tua Rádio Cristal

As ligações feitas por quem precisa do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, estão demorando mais tempo para serem atendidas.

A ligação é recebida pela regulação, que precisa entender os motivos do chamado, e aí acionar uma ambulância do serviço na cidade onde a ocorrência aconteceu.

No entanto, conforme a cidadã soledadense Sandra Soares, em entrevista à Tua Rádio Cristal na manhã desta sexta-feira, 26/07, ao solicitar atendimento para a sua mãe de 98 anos, não teve a resposta esperada.

Sandra contou que fez a ligação para o 192 porque, debilitada e com o tempo garoando, não tinha como retirar sua mãezinha de dentro de casa e levá-la até o hospital para receber o atendimento necessário.

Ainda indignada, Sandra disse que recebeu um sonoro não ao solicitar o serviço, pois foi questionada por uma médica da regulação sobre o seu endereço, que de imediato foi informado, e por morar próximo a casa de saúde, foi dito a ela que levasse sua mãe até o Hospital.

Abalada pela resposta, Sandra ainda buscou auxílio junto ao SUS, e, num primeiro momento, não obteve êxito, pois não havia ambulâncias disponíveis no local.

Em uma última tentativa, a cidadã foi até a base do SAMU de Soledade onde foi muito bem atendida pelas socorristas, que lhe informaram de que não poderiam fazer nada sem a ordenação da regulação em Porto Alegre.

No entanto, vendo a aflição da senhora, uma das atendentes ligou para o responsável pelo transporte da secretaria da saúde de Soledade, Roberto da Paixão, que, após um certo tempo enviou a ambulância até a casa de Sandra, quando então foi feito o translado de sua mãe até o Hospital Frei Clemente, onde recebeu o atendimento esperado.

"Para que serve o SAMU? É um absurdo o fizeram para a minha mãe", esbravejou Sandra.

Ouça a entrevista com Sandra Soares, na íntegra, no player de áudio acima.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais