Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Secretaria da Educação de Soledade confirma retorno às aulas de forma remota

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Já em relação as atividades presenciais, ainda não se tem definições

Secretária da Educação, Ádria Brum de Azambuja
Foto: Paulinho Paes/Tua Rádio Cristal

O calendário de retomada da educação no estado após a suspensão das aulas presenciais em função da pandemia do coronavírus foi apresentado nesta quarta-feira, 27/05, pelo governo do Rio Grande do Sul.

Na apresentação a Secretaria Estadual da Educação destacou as cinco etapas em que devem ocorrer à volta. Na primeira, o ensino remoto será feito com o apoio da plataforma Google Classroom, que tem como proposta espelhar a escola no ambiente virtual com a criação de 37 mil turmas virtuais, mas somente para a rede estadual.

O reinicio das aulas está previsto para ocorrer, no modelo de ensino a distância (EAD) a partir do dia 01/06 e no modo presencial somente a partir do mês de julho de 2020.

Porém no entendimento da secretária municipal da educação de Soledade, Ádria Brum de Azambuja, o sistema municipal adotará medidas somente após receber as orientações da secretaria municipal da saúde, tendo toda a segurança possível de que as vidas dos professores, alunos e funcionários serão preservadas contra as ações do coronavírus.

“Não faremos nada sem observar as orientações do governo estadual, no entanto tais orientações poderão ser potencializadas no município, observando suas especificidades e buscando sempre a aprovação do conselho municipal de educação”, informou Ádria.

Segundo a secretária, neste momento não haverá o retorno presencial das aulas e sim a volta das atividades remotas no dia 01/06. Tão logo os diretores e professores voltem do recesso, haverá uma reunião virtual na terça-feira, 02/06, às 09h, pra que seja traçado o plano de retorno gradual das atividades.

No entanto a secretaria de educação tem outra preocupação, e esta diz respeito às escolas e alunos do meio rural, pois estes têm mais dificuldades em acessar as redes sociais e ainda as grandes distâncias que separam as escolas da secretaria, exigindo um esforço maior na busca de materiais didáticos a ser entregue aos alunos que não tem acesso a internet.

“O sistema municipal de ensino permanecerá com suas atividades remotas e os materiais serão enviados como já vinha ocorrendo”, finalizou Ádria.

Ouça a entrevista com Ádria Brum de Azambuja, na íntegra, no player de áudio acima.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais