Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Em Cristo, diálogo e testemunho entre os diferentes

Miguel Debiasi

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), do qual a Conferência Nacional do Brasil (CNBB) participa representando a Igreja Católica no país, em outubro lançaram os primeiros subsídios para a Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) de 2021. No ato de lançamento foram apresentados o tema, lema, objetivos, cartaz, hino da CFE de forma virtual e impressa. A CFE é uma oportunidade singular das comunidades cristãs do Brasil refletirem sobre a relação fé e vida, Reino de Deus e realidade social, ação religiosa transformadora.

No ato de lançamento os representantes do CONIC afirmaram que a Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) representa uma das experiências mais valiosas de missão evangelizadora em nosso país. O CONIC deixa claro que as comunidades cristãs têm muito a contribuir com a população brasileira quando se unirem em prol da missão do Evangelho. Juntos, os cristãos do Brasil, poderão anunciar a Palavra de Deus as comunidades religiosas para que estas acolham a resposta libertadora do Evangelho. A união das comunidades religiosas pela CFE torna-se profetismo quando o Evangelho falar mais forte e indicar à tarefa missionária comum transformadora.

A CFE de 2021 propõe uma desafiadora missão e tem como tema: Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor, e tendo como lema: Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade (Efésios 2,14a). O tema escolhido pelo CONIC aposta que o diálogo é o nosso melhor testemunho. A humanidade está dividida, de um lado, os bilionários e abastados e na outra margem, os empobrecidos e miseráveis. O sistema econômico liberal aumenta esta separação, por um lado, busca perpetuar a hegemonia do livre mercado e por outro, combate a ideia da melhor função social da propriedade e da economia. As forças políticas estão em profunda tensão, por um lado, o sistema militariza os ferrenhos defensores do fascismo, e por outro, combate a democracia ainda que seja representativa da elite.

Neste contexto o CONIC manifesta-se de forma profética ao propor um diálogo entre diferentes comunidades cristãs em prol do bem da humanidade inteira. Na esfera religiosa o diálogo tem um ponto de partida, Cristo e a sua missão confiada a Igreja cristã. A fé nos lembra que Cristo é nossa paz e nos anima a prosseguir pelo caminho da unidade na diversidade. A única pessoa que poderá trazer paz ao mundo é Cristo, o caminho, a verdade e a vida (João 14,6). A fé em Cristo já é compromisso com a fraternidade, o diálogo e o amor, que também são experiências vitais para todo ser humano independente do credo. Entender o significado da fraternidade, do diálogo e do amor pela fé em Cristo pode fazer daquilo que está divido reconciliado pela vida comunitária. A comunhão universal entre todos seus filhos e filhas é evento que Deus deposita sua esperança.

Em cenário mundial em que todos somos vítimas de um desajustado sistema econômico e político, comprometer-se com a CFE é reação que beneficia a todos. O objetivo geral da CFE 2021 encoraja acreditar neste ideário fraterno universal: Através do diálogo amoroso e do testemunho da unidade na diversidade, inspirados e inspiradas no amor de Cristo, convidar comunidades de fé e pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual. Para aquele que deposita energias neste outro mundo possível, a CFE indica o que assumir: Denunciar as violências contra pessoas, povos e a Criação, em especial, as que usam o nome de Jesus; Encorajar a justiça para a restauração da dignidade das pessoas, para a superação de conflitos e para alcançar a reconciliação social; Animar o engajamento em ações concretas de amor à pessoa próxima; Promover a conversão para a cultura do amor em lugar da cultura do ódio; Fortalecer e celebrar a convivência ecumênica e inter-religiosa.

Os cristãos são os primeiros promotores da CFE, pela qual Cristo deseja falar e agir por meio de tantos irmãos e comunidades. Ademais, a CFE é um apelo a todos homens e mulheres que desejam transformar o mundo pela Fraternidade e Diálogo, nisto Deus está presente e abençoa cada pessoa e a cada gesto realizado em prol da nova humanidade, abraçada entre diferentes. Nesta esperança cristã abraçamos a Campanha da Fraternidade Ecumênica, sinal profético das comunidades religiosas em tempo e em contexto de tantas exclusões sociais e de exploração socioeconômica.

Sobre o autor

Miguel Debiasi

Frade da Província dos Capuchinhos do Rio Grande do Sul. Mestre em Filosofia (Universidade do Vale dos Sinos – São Leopoldo/RS). Mestre em Teologia (Pontifícia Universidade Católica do RS - PUC/RS). Doutor em Teologia (Faculdades EST – São Leopoldo/RS).

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais