Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Chuva na região norte do estado está 50% abaixo da média, afetando o agronegócio

por Bruno Roso

A região Metropolitana é a mais afetada com a falta de chuva no Rio Grande do Sul, com 83% abaixo da média

Foto: Reprodução/Internet

Na região norte do estado, onde Marau está presente, choveu 50% a menos do esperado segundo dados da Somar Meteorologia. A média histórica datada para o período analisado – correspondente do dia 01/12 a 07/01, era de 200 milímetros. Mas segundo a estação da Somar apenas 100 milímetros foram registrados. A região Metropolitana é a mais afetada com a falta de chuva no Rio Grande do Sul, com 83% abaixo da média.

A estiagem que o estado passa no momento impacta totalmente as atividades do agronegócio, nas lavouras de milho. Conforme estudo elaborado pela Emater de Marau, algumas propriedades rurais de Marau apresentam prejuízos de 60% das plantações, perdas que se confirmam em pelo menos dez lavouras. Nesta condição, os produtores devem recorrer ao Proagro - Programa de Garantia da Atividade Agropecuária, uma garantia de renda para ressarcimento do agricultor.

Nove municípios gaúchos já enviaram documentação à Defesa Civil informando que decretaram situação de emergência devido ao tempo seco e à pouca chuva registrada desde o final de 2019. A iniciativa das prefeituras visa facilitar o recebimento de recursos e também amenizar os problemas dos agricultores, ajudando também na renegociação de dívidas. O secretário em exercício da Secretaria Estadual da Agricultura, Luiz Fernando Rodriguez Júnior, classificou a estiagem como a mais grave desde a safra 2011-2012 e anunciou a formação de um grupo para acompanhar seus desdobramentos.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários