Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Aulas iniciam de forma remota na rede municipal de ensino

por Ana Lúcia Jacomini

Decisão atende ao chamamento por mais cuidados no enfrentamento a pandemia de covid-19

Alunos receberão as atividades por whatsapp
Foto: Reprodução/Facebook SME

As aulas na rede municipal de ensino tiveram início nesta segunda-feira, 01/03, em modelo remoto. A decisão de não fazer aulas presenciais para a Educação Infantil e para os primeiros dois anos do Ensino Fundamental, que até então eram permitidas, foi tomada ainda na sexta-feira, 26/02, a partir da classificação da bandeira preta, que aponta risco altíssimo para o contágio de coronavírus em todo o território gaúcho. De acordo com Simone Costenaro Ribeiro, titular da Secretaria Municipal da Educação, a rede – que tinha projetado o retorno de forma híbrida com ocupação de 50% das salas, se reorganizou para iniciar os trabalhos com atividades semelhantes ao que foi feito no ano passado, com aulas sendo enviadas por whatsapp – por ser a ferramenta mais prática e de fácil acesso - ou de acordo com a realidade de cada comunidade escolar.

Ainda de acordo com a secretária, não há previsão para a retomada do cronograma de atividades presenciais em nenhuma das 25 escolas municipais que estão instaladas em Marau. Ela lembra que o retorno passa pelo controle da atual situação da pandemia, das normativas dos governos e de toda uma reorganização do próprio transporte escolar que possui, hoje, cerca de 50 linhas no município. A rede municipal tem mais de cinco mil alunos matriculados, a maioria deles na Educação Infantil e cerca de mil profissionais. Ouça a entrevista com Simone, na íntegra, no espaço de podcast do site da Tua Rádio Alvorada. Para acessar, clique aqui. Neste período, as escolas estarão abertas de segunda a sexta com revezamento dos profissionais - cada professor irá duas vezes por semana para o educandário. Isso significa que haverá atendimento - mediante os cuidados básicos - para informações e retirada ou entrega dos materiais didáticos.

Desde o ano passado, o município de Marau não tem sido restritivo com a rede particular, que pôde dar início ao ano letivo na semana passada, a partir das novas regras do Distanciamento Controlado do Governo do Estado, com aulas presenciais para a Educação Infantil e os dois primeiros anos do Ensino Fundamental. Porém, nesta segunda-feira, 01/03, liminar assinada pela Juíza Rada Maria Metzger Kepes Zaman, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, suspendeu a realização de aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul. A decisão da magistrada é de que a suspensão tenha validade enquanto estiver vigente a bandeira preta e não depende de eventuais flexibilizações de protocolo. A determinação ocorre em ação civil pública ajuizada pela Associação Mães e Pais pela Democracia e pelo Cpers-Sindicato contra o governo do Estado.

Em nota, o Colégio Cristo Rei, que havia iniciado o ano letivo de forma presencial para as turmas autorizadas, lamentou a decisão mas confirmou que não realizará aulas presenciais até segunda ordem. O mesmo ocorre com o Colégio Gabriel Taborin.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais