Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Fatores climáticos são os principais causadores do aumento de preços nos hortifrutis

Baixar Áudio por Taliane Radaelli

Este conteúdo esta disponível, também, no áudio da matéria

Foto: Divulgação

Quem passou pelo mercado nas últimas semanas certamente reparou que as frutas, os legumes e as verduras estão mais caras. O setor hortifruti tem acompanhado o aumento de preços, presente em grande parte dos produtos que estão nas prateleiras dos mercados. A reportagem da Tua Rádio Alvorada conversou com Juliano Franceschetto, que trabalha com a compra de produtos para a revenda em mercado. Segundo ele, os fatores climáticos são os principais causadores desse aumento. 

Como destaca Juliano, o Rio Grande do Sul passou por uma seca muito acentuada neste verão, o que prejudicou a produção e o desenvolvimento dos alimentos, principalmente das verduras. Ao mesmo tempo, estados que exportam para o sul, como é o caso de São Paulo e Rio de Janeiro, enfrentaram o fenômeno contrário, ou seja, um volume muito elevado de chuvas, o que também prejudicou o plantio.  Todas as dificuldades enfrentadas pelo produtor acarretaram na  falta de produtos no mercado e consequentemente o aumento dos preços.

Outro ponto destacado por Juliano é a qualidade e aspecto dos alimentos. Segundo ele, neste mesmo período o mercado sofreu um aumento nos preços de fungicidas e insumos agrícolas, dificultando o uso por parte dos produtores e prejudicando o aspecto, principalmente visual, dos produtos.

De acordo com Juliano, o repasse de preços ao consumidor final é inevitável. Ele lembra que os estabelecimentos comerciais como mercados e fruteiras precisam arcar com a baixa oferta de produtos, com o aumento dos preços, com valores referentes a impostos e transporte de mercadorias. 

A expectativa, porém, é de melhora. Segundo Juliano, existe uma tendência de volta a normalidade para as próximas semanas. É o caso da cenoura e do chuchu, por exemplo, que já apresentam uma redução de preços, o mesmo deve acontecer com o tomate. 

A entrevista completa com Juliano Franceschetto está disponível no áudio da matéria.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais