Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Júri do Caso Rafael volta a ocorrer na segunda, 16/01

por João Pedro Varal Tartari

Serão ouvidas 11 testemunhas para decidir se mãe de Rafael Winques é culpada ou não

Foto: Mauro Schaefer

O Júri do Caso Rafael começa na próxima segunda-feira, 16/01, e volta a analisar acusações contra Alexandra Salete Dougokenski, suspeita de matar o filho Rafael Winques em maio de 2020. O tribunal será Realizado no Salão do Júri da Comarca de Planalto, a partir das 9h. Ele será presidido pela Juíza de Direito Marilene Parizotto Campagna.

Alexandra responde pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, falsidade ideológica e fraude processual. Os trabalhos deveriam ter acontecido em março do ano passado, porém o julgamento foi cancelado. Após a perícia em um áudio ser negado pela Juíza Presidente do Júri, a defesa da mulher acusada de matar o filho abandonou o Tribunal.

Serão ouvidas em plenário 11 testemunhas, entre as arroladas por acusação e defesa. Três delas não residem na Comarca e vão depor por videoconferência.

Pelo Ministério Público, atuarão os Promotores de Justiça Diogo Gomes Taborda, Marcelo Tubino Vieira e Michele Taís Dumke. Na assistência de acusação, o advogado Daniel Figueira Tonetto. Pela defesa, atua o advogado Jean Severo.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais