Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Setor agrícola contabiliza perdas por conta da estiagem

Baixar Áudio por Camila Agostini

No player de áudio, acompanhe o que diz Rodrigo Coradi, presidente do Conselho Municipal de Agropecuária e Abastecimento de Marau

Foto: Arquivo / Tua Rádio Alvorada

O ano de 2020 se apresenta como um ano de grandes dificuldades. Desde fevereiro, quando o primeiro caso de Covid-19 foi registrado no Brasil, o país vive em meio a um clima de medo e tensão.  Mas, ainda em 2019, um outro grande problema já se instalava no Rio Grande do Sul. A escassez hídrica, que rendeu prejuízos ao meio rural. Com a situação da saúde pública alarmante e a agricultura em risco, seguimos preocupados.

Em Marau, antes da situação atual se instalar com os decretos de situação de emergência para as devidas precauções com relação ao coronavírus, outro decreto foi emitido pelo Poder Público Municipal, apontando situação de emergência por conta da estiagem.

Várias reuniões ocorreram, com representantes dos setores interligados, principalmente, os vinculados à área agrícola. Em um dos encontros, a demora pela aprovação dos decretos de emergência preocupava, ainda mais, autoridades e produtores. Em entrevista à Tua Rádio Alvorada, o presidente do Conselho Municipal de Agropecuária e Abastecimento de Marau, Rodrigo Coradi, destaca que a homologação, por parte da Defesa Civil, ocorreu neste mês de março.

Em Marau, aponta Coradi, a produtividade das lavouras de milho e soja apresenta perdas qe podem somar percentual de 40%. Em algumas localidades, o volume de chuva foi de apenas 60 milímetro, nos últimos 90 dias.

Coradi também orienta o produtor a como proceder frente à necessidade de acionar o seguro agrícola: “As fiscalizações estão ocorrendo nas propriedades. O Proagro é um recurso de temos para amenizar os danos. Mas é importante que o produtor entre em contato com seus agentes financeiros, engenheiros agrônomos, técnicos responsáveis pelos projetos e sindicatos para que possam viabilizar a melhor forma de acionar o seguro, mesmo nesse momento de isolamento social existem formas de recorrer ao serviço”.

Acompanhe no player de áudio, a íntegra da entrevista.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais