Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Após acidente, mulher fica presa nas ferragens e bombeiros efetuam salvamento em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Em local de difícil acesso, solados Bohn, Fagner e Maron retiraram passageira de uma Ford/Ecosport que caiu num barranco na ERS-129, proximidades do Distrito de Colombo

Bombeiros tiveram dificuldades para o resgate da vítima presa nas ferragens
Foto: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé, juntamente com a equipe de profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), realizou na manhã da segunda-feira, dia 9 de julho, por volta das 7h, o salvamento de uma mulher que havia ficado presa nas ferragens de um veículo após tombamento na ERS-129. O acidente aconteceu na ERS-129, entre os Kms 117 e 118, nas proximidades da Unidade II do Núcleo Universitário da UCS – Distrito de Colombo. A caminhonete Ford/Ecosport, placas IXL-2692, de Porto Alegre, transitava na rodovia no sentido entre Dois Lajeados/Guaporé quando, por motivos ignorados, o condutor Dinar Alves Pinto perdeu o controle da direção, caiu num barranco e tombou entre árvores. Chovia no momento do acidente.

Pinto, com escoriações pelo corpo, conseguiu sair sozinho do veículo, sendo imobilizado pelo SAMU, conduzido até a ambulância pelos bombeiros e encaminhado ao Hospital Manoel Francisco Guerreiro para atendimento médico. A passageira foi resgatada após os bombeiros retirarem a tampa do porta-malas. O local de difícil acesso foi um dos empecilhos para o salvamento. Mesmo com dificuldades, Bohn, Fagner e Maron conseguiram lograr êxito após cerca de 45 minutos de intensas atividades. Ela, conforme os bombeiros, alegou sentir dores nos membros superiores, sendo levada para a unidade hospitalar. Pinto e Jandira, conforme a equipe médica, passam bem e não correm risco de morte.

O Pelotão Rodoviário Estadual (PRE) da Brigada Militar, de Casca, compareceu para o registro da ocorrência de trânsito e auxiliar no controle da trafegabilidade. Para o salvamento, houve necessidade da interrupção da rodovia nos dois sentidos. Durante o trabalho da guarnição dos bombeiros, o soldado Ederson ficou, como voluntário, no atendimento do 193 na Central de Operações para que o quartel não ficasse desguarnecido.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais