Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Redução de vereadores em Nova Petrópolis representará economia anual de R$ 78 mil no Legislativo

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

Projeto de lei que reduz de 11 para nove o número de parlamentares aguarda promulgação do presidente da Câmara

Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis

A Câmara Municipal de Nova Petrópolis aprovou na sessão da última segunda-feira (17) um projeto de lei que prevê a redução de 11 para nove vereadores. A proposta foi do vereador Jorge Darlei Wolf (PSDB), que concedeu entrevista no programa Conectado, nesta sexta-feira (21).

Conforme o parlamentar, no contexto do estado e do país, se faz cada vez mais necessária a redução de cargos políticos para a otimização da máquina pública. “Isso vem ao encontro do que a sociedade espera do ente político: fazer mais com menos. Essa foi a proposta da iniciativa de redução do número de vereadores”, afirmou.  

Wolf também comentou que, em 2012, a Casa Legislativa já possuía nove vereadores. Porém, na época, a maioria do plenário optou por aumentar para 11 cadeiras na Câmara. “Isso se configurou nos últimos seis anos. E por parte da população muito se cobrava isso, que para um município pequeno, de pouco mais de 20 mil habitantes, não teria talvez toda essa necessidade de 11 cadeiras no Legislativo”.

O parlamentar também frisou que a Constituição prevê um mínimo de nove vereadores para municípios de 1 até 1 milhão de habitantes. “Muitas vezes, quantidade não é sinônimo de qualidade. Na questão da representatividade isso fica muito vago. Nós temos aqui em nova Petrópolis diversos bairros e distritos e nem sempre esses bairros têm vereadores eleitos. Nós temos a maioria dos vereadores eleitos do centro da cidade. E eu penso que o vereador tem que ser vereador do município e não vereador do centro, vereador do bairro”. 

Com a redução do número de parlamentares a previsão é que sejam economizados mais de R$ 78 mil. Atualmente, cada vereador ganha R$ 2.455,09 mensais, mais o 13º salário. Considerando 13 parcelas desse valor multiplicado por dois vereadores, acrescidos da contribuição previdenciária patronal de 23,32% do município, chega-se aos R$ 78.718,04 que serão economizados.

Quanto aos gastos no Legislativo, Wolf afirmou que a Câmara de Nova Petrópolis é uma das mais enxutas do estado. “Na Câmara de Nova Petrópolis não tem assessor. Nós temos quatro funcionários para os 11 vereadores”, disse. Ele também completou: “Nós temos que pensar o que a população almeja, o que a população espera do seu ente político. E que isso sirva de exemplo pra Câmara de Deputados e para o Senado Federal”.  

Ouça no link abaixo da foto. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais