Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Doações vindas da Itália beneficiarão pessoas atendidas pelos projetos do Mão Amiga

por Isadora Helena Martins

O contêiner com mais de 3,5 mil itens chegou a Caxias do Sul no último sábado. Carga aguarda aval da Receita Federal para ser distribuída.

Foto: Divulgação / Adelina Viteri

As pessoas atendidas pelos projetos sociais da Associação Mão Amiga serão beneficiadas com doações vindas da Itália. Um contêiner com mais de 3,5 mil itens - entre peças de roupas, calçados e pequenos mobiliários - chegou a Caxias do Sul no último sábado (14). Agora, a carga está no Porto Seco aguardando o processo de liberação por parte da Receita Federal.

Conforme explica a diretora da empresa caxiense Grow Over, especializada em negócios internacionais, Milena Zuchetti, as doações podem ser importadas sem incidência de impostos. “Existe a viabilidade técnica de podermos receber doações. E essas doações passam, ao chegar pelo Brasil, por um regime tributário especial. Elas são mercadorias que podem entrar, especificamente, com o objetivo de serem doadas e elas passam por um canal de uma análise da receita Federal diferenciada porque a gente pede que elas ocorram sem a incidência de nenhum imposto”, explicou Milena que auxiliou de forma voluntária o Mão Amiga no processo de importação da carga.

As doações foram coletadas na Itália com o auxílio de voluntários como religiosos e empresários. A idealização do projeto Contêiner Solidário começou em janeiro e o embarque para o Brasil ocorreu em junho.

Ainda não há uma previsão de data de quando os itens serão liberados para serem entregues às pessoas em situação de vulnerabilidade, mas, segundo o idealizador do projeto Mão Amiga, Frei Jaime Bettega, todo o processo será realizado com transparência.  “Os usuários que estão conosco, as crianças, os moradores de rua, os idosos, nós vamos atender esse público. Eles têm que apresentar a carteira de identidade e assinar que receberam a doação, porque nós temos que prestar contas na Receita Federal. Então, é algo bem organizado e transparente”.

Está previsto para setembro um ato simbólico para a entrega das doações. Outra novidade é que uma segunda edição do Contêiner Solidário está sendo estudada pelos voluntários envolvidos. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais