Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Quadro viral em crianças preocupa pais e pediatras

Baixar Áudio por Denise Furlanetto
Foto: Divulgação

Pais e pediatras estão acompanhando, com muita atenção e preocupação, crianças que estão apresentando um quadro viral similar ao coronavírus. Muitas destas crianças e jovens vêm apresentando sintomas como dor de garganta, tosse e coriza, que podem evoluir para o trato gastrointestinal, com vômito e diarreia, além de dores abdominais. Trata-se de um Adenovírus, que é transmitido por contato físico e pelo ar. O médico pediatra Cláudio Dalmáz fala sobre os sintomas, os cuidados e a própria falta de medicamentos no mercado, que estão agravando o quadro.

Essa virose, diz o doutor, está atingindo principalmente crianças de 4 a 7 anos, que retornaram à escola sem uso de máscaras. Os sintomas são dor de cabeça, dor de garganta, dores abdominais e nas pernas.  É um quadro viral que tende a passar depois  de 5 a dez dias. As crianças ficam ruins, abatidas e com muita tosse. Existe semelhança desse quadro com a Covid-19. Em alguns casos é em decorrência do coronavírus e as crianças apresentam um quadro leve.

Além do crescimento de atendimentos nos consultórios, hospital e Unidades de Saúde, um dos problemas enfrentados é quanto aos medicamentos que estão faltando nas farmácias. A justificativa é de que estão faltando alguns sais para os laboratórios importados da Ucrânia e que a guerra está dificultando a importação. Esse é outro agravante para esse momento, diz o médico que pede que pais tenham paciência e calma. Até remédios para uso na nebulização estão faltando. Essa virose pode evoluir, mas de forma mais rara para dor de ouvido, infecção de garganta e pneumonia.

(entrevista com o doutor em ouça a notícia)

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais