Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Pediatra diz que o momento não é de abertura de escolas

por Denise Furlanetto
Foto: Divulgação

O médico pediatra Cláudio Dalmáz participou do Debate da Rádio Garibaldi, na manhã de terça-feira, 02.03, para falar sobre qual o local mais apropriado para ficarem as crianças e qual sua opinião sobre abertura das escolas diante do atual quadro da pandemia.

Baseado no relato da Sociedade Brasileira de Pediatria, Dalmaz que é sempre um defensor das escolinhas e escolas regulares por entender que a educação é o melhor investimento, e pelas escolas oferecerem um local de aprendizagem, cuidado e segurança, diz que diante do altíssimo risco de contaminação em Garibaldi e aumento nas internações por Covid-19 o momento não é de abertura.

“A Sociedade Brasileira de Pediatria publicou um artigo questionando, quando se pode abrir escolas, diante da pandemia do coronavírus. São feitas três perguntas: - A curva de contágio é decrescente na sua localidade? - Existem leitos de UTI suficientes para atender a população? Tem redução no número de óbitos? Como para todas essas perguntas a resposta é não, então não se pode abrir as escolas. O bom senso diz que agora é preciso que as crianças fiquem em casa”, diz o pediatra.

A situação está difícil está mexendo com as famílias. Também segundo ele, as crianças estão apresentando diversos efeitos colaterais como insônia, depressão, obesidade, anurese, piora no seu sono, entre outras manifestações.

“Crianças em casa, tem o mundo muito pequeno à sua volta, faltam atrações, interesses. Algumas compensam na comida, aumentando o índice de obesidade, outras não comem. Aumentou o número de crianças ansiosas, deprimidas, perda de sono, medo de dormir sozinhas, casos de enurese que é a perda de urina à noite ou durante o dia crescente visitas ao banheiro, não sendo problema de infecção. Tudo isso é reflexo da pandemia”, finaliza o pediatra que aconselha os pais a conversarem com os filhos e que mantenham uma rotina saudável dentro de casa.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais