Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Ex-presidente do Sindicato Rural será homenageado durante comemoração dos 60 anos da entidade

por Denise Furlanetto
Foto: Divulgação

O deputado estadual Elton Weber (PSB) irá homenagear com a Medalha da 55ª Legislatura da Assembleia Legislativa o agricultor familiar de Garibaldi, Denis Debiasi, por seu importante trabalho pelo desenvolvimento da agricultura da região da Serra no Sindicato e demais entidades da região. O ato ocorre na sexta-feira (24) na Pousada dos Frades, em Garibaldi, durante assembleia de prestação de contas e comemoração dos 60 anos do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Garibaldi, Boa Vista do Sul e Coronel Pilar.

Debiasi cresceu trabalhando em meio as videiras com a família e desenvolveu o espírito empreendedor. Na década de 70, após herdar um pequeno lote de terra construiu a própria casa, dividindo o tempo entre a roça e a nova moradia. Nos anos 80, para aumentar a renda, comprou uma kombi para vender a produção direto ao consumidor.

Engajado com lutas sociais dos trabalhadores rurais, em 1989 foi convidado para fazer parte da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Garibaldi. Em 1991, assumiu a presidência do sindicato que desempenhou com dedicação e compromisso por cerca de 30 anos, período em que colaborou em lutas como a aposentadora das mulheres e o preço mínimo da uva.

Foi presidente da Comissão Interestadual da Uva, defendendo as reivindicações do pequeno agricultor. Em 2010 assumiu a presidência do Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN), prestando mais um serviço na área da vitivinicultura. Denis, diz o deputado Webber, fez e faz muito pelo crescimento da agricultura e pelo desenvolvimento dos produtores, e é uma referência do movimento sindical da Serra.

Em entrevista à Rádio Garibaldi, o ex-presidente disse que uma das maiores conquistas nas décadas de 80 e 90 foi o reconhecimento dos agricultores e agricultoras para o benefício da aposentadoria. O trabalhador rural inicialmente teve aprovado meio salário mínimo, depois veio a aposentadoria inteira e, em 1991, a aposentadoria da mulher em um salário mínimo e o reconhecimento da família trabalhadora rural.

O atual presidente Luciano Rebellatto diz que hoje o Sindicato tem outras bandeiras de defesa, como o preço mínimo da uva, auxílio dos produtores para a saúde, cursos para o manejo da terra, sucessão familiar, entre outros objetivos.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais