Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Governo define localização de pedágios na Serra e confirma quatro novos pontos de cobrança

Central de Conteúdos Rádio Garibaldi AM

Projeção de valores também foi apresentada

BR 470 deverá ser duplicada entre Garibaldi e Bento Gonçalves
Foto: Arquivo Rádio Garibaldi

O governador Eduardo Leite deu detalhes, nesta quinta-feira, 17/06 de como será o formato de concessão das rodovias em todo o estado do Rio Grande do Sul. O modelo, bem como projeção de tarifas e de localização das praças de pedágio, foi detalhado em entrevista coletiva direto do Palácio Piratini.

O governo enfatizou que a localização e os valores não são definitivos, apenas uma base do que será trabalhado a partir de agora até o momento do leilão, projetado para dezembro. As rodovias que serão concedidas foram divididas em três blocos.

As rodovias da Serra estão no Bloco 3, que inicia no Vale do Caí e atravessa toda a região. Os locais de pedágio seriam os seguintes:

RS-122: km 22,5, em Bom Princípio (em substituição ao pedágio de Portão) - tarifa entre R$ 7,07 e R$ 9,43 

RS-446: km 11, novo pedágio em Carlos Barbosa, altura da comunidade de Santa Clara - tarifa entre R$ 5,10 e R$ 6,81 

RS-122: km 50, novo pedágio em Farroupilha (na descida da Serra) - tarifa entre R$ 5,45 e R$ 7,27 

RS-122: km 99,6, pedágio existente em Flores da Cunha - tarifa entre R$ 6,00 e R$ 8,01 

RS-122: km 132, novo pedágio em Antônio Prado - tarifa entre R$ 5,24 e R$ 6,99 

RS-287: km 12,6, novo pedágio em Montenegro - tarifa entre R$ 5,22 e R$ 6,96 

Através desta projeção de valores, pode-se concluir que o valor mínimo a ser desembolsado para quem sair de Garibaldi e for até Porto Alegre, contando ida e volta, será de R$ 24,00.

Embora ainda possa ser discutido, a proposta é de que até o quinto ano de contrato, a concessionária deverá concluir a duplicação da RS-122, entre Farroupilha e São Vendelino, e no contorno norte de Caxias do Sul, além da RS-453, entre Farroupilha e Garibaldi. A RS-453 também deve ganhar terceira faixa entre a saída para Porto Alegre e a rótula de Caravaggio, em Farroupilha. A BR-470, com trecho incluso no pacote, também deve ser duplicada entre Bento Gonçalves e Garibaldi.

Até o 10º ano de contrato, a RS-446, entre Carlos Barbosa e São Vendelino, também precisa estar totalmente duplicada, bem como a RS-235, entre Nova Petrópolis e Gramado. Nos 20 anos seguintes, a concessionária precisará implantar terceira faixa entre Caxias do Sul e Farroupilha e também na BR-470, entre Bento Gonçalves e Garibaldi.

As estradas da região também devem ganhar 12 passarelas. Os investimentos, que serão obrigatórios e previstos no contrato, não impedem que a concessionária realize outros investimentos cuja necessidade seja identificada ao longo do tempo.

O contrato também exigirá serviço de guincho e ambulância 24h, pontos de parada para o usuário com banheiro, fraldário, água e telefone público, além de monitoramento completo por câmeras. Para os caminhoneiros deverá ser oferecido três pontos de parada com banheiro, chuveiro, internet sem fio e segurança privada. Eles ficarão em São Vendelino, Serafina Corrêa e Taquara.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais