Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Noêmia fazia peso de porta e era o trabalho manual mais vendido na Paróquia

Baixar Áudio por Denise Furlanetto
Foto: Divulgação

A Noêmia Pereira Foppa que morreu vítima do coronavírus, nesta terça-feira, era uma mulher muito alegre, amava a família e habilidosa. A fala é da também voluntária, Ivani Lazzari, que faz parte do grupo Mãos Solidárias do FAC que “Tia Mema” integrava. Esse grupo faz trabalhos manuais que são comercializados no escritório paroquial e os recursos são destinados para o projeto social de atendimento às crianças carentes, nos lares do FAC.

Ela era a única que fazia peso de porta, diz Ivani e era o trabalho mais vendido na paróquia. As pessoas olhavam aquilo, se encantavam e levavam para casa. Durante o ano passado, em que as voluntárias evitaram o encontro, a Noêmia fazia em casa. Ivani disse que ligava para a paróquia para saber de qual era a necessidade de produtos e a Juliana, secretária da Paróquia, sempre dizia, faltam os pesos de porta da Noêmia. A ligação era feita, a Noêmia confeccionava e entregava os pedidos.

“Pelo bem que ela fez, com certeza ela está na Glória de Deus,” diz a colega.

(entrevista em escute a notícia)

O pároco Frei Jadir Segala diz que era a voluntária do silêncio e uma das fundadoras do grupo Mãos Solidárias com trabalho artesanal. Quem tem peso de porta adquirido na paróquia terá a lembrança de Noêmia.


 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais