Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Eleição para presidência do hospital de Soledade possui apenas uma chapa inscrita

Baixar Áudio por Leticia Nunes

Inscrições para concorrer ao pleito encerraram-se no último dia 15 e Carlos Alberto Rocha é candidato único

Douglas Dall Cortivo, presidente do Grande Conselho do Hospital Frei Clemente de Soledade.
Foto: Paulinho Paes/Tua Rádio Cristal.

Decorrido o prazo de inscrições para se concorrer ao pleito eleitoral que escolherá a nova diretoria do Hospital Frei Clemente de Soledade, houve apenas uma chapa inscrita, que tem como presidente, Carlos Alberto Rocha; vice-presidente, Jonas Moraes; secretário, Nicácio Lima e tesoureiro, Sebastião Avani da Silva.

Durante entrevista para a Tua Rádio Cristal, o presidente do Grande Conselho da instituição Douglas Dall Cortivo foi questionado quanto às discussões anteriores que envolveram as candidaturas a presidência da casa de saúde. Especialmente, o fato do advogado Manir Zeni, que mesmo com o intuito de concorrer ao pleito, ficou impossibilitado devido a algumas questões estatutárias. Uma delas, diz respeito a não ser membro do Grande Conselho há mais de um ano.

Nesse sentido, é que o presidente Dall Cortivo lamentou o fato. “A minha intenção na função que exerço não era que o hospital fosse objeto destes conflitos, eu tentei conduzir a situação da melhor maneira e levo na minha consciência que tratei de modo mais imparcial, mas não foi possível que estas pessoas pudessem participar das eleições desta vez”.

Quando questionado se esta manifestação foi diretamente para com Manir Zeni, Dall Cortivo destaca que sua fala se refere a todas as pessoas que desejam colaborar para a melhoria das condições da instituição de saúde e ainda citou o seu próprio exemplo. “Eu quando concorri à presidência, na época de Maria Arlinda Daroit, também achava que iria solucionar o problema. Perdi a eleição e me afastei, quando na verdade temos de nos aproximar e foi assim que ocorreu comigo, através do seu Flávio Nardon”.

Douglas ainda disse que referente a Manir Zeni ele pode sim muito e colaborar para com o Hospital Frei Clemente de Soledade, mesmo não sendo o presidente. “Tentei fazer com que ele pudesse concorrer, mas infelizmente não tenho como impor isto. Ele pode colaborar com ideias de como concluirmos a obra da esquina, de trazer emendas parlamentares, já que possui um bom relacionamento político, enfim”.

Quanto a ser presidente da casa de saúde soledadense, Dall Cortivo, disse não ter tempo para isso, já que é uma função exercida de forma voluntária. Além disso, falou que possui medo de administrar, pelo fato da área da saúde ser complexa, desafiadora e de muita responsabilidade, que não sabe se teria condições de assumir.

Ainda na avaliação do presidente do Grande Conselho, nesta única composição de chapa, o melhor vice-presidente para o hospital não seria Jonas Moraes e sim Nicácio Lima, pela visibilidade que possui, assim como por ser uma pessoa muito bem quista na comunidade.

“Acredito que o Jonas exerce um trabalho social relevante em nossa cidade, porém há pouco tempo teve um envolvimento político e já que não vejo as pessoas do hospital envolvidas com algum cargo ou disputa política, por isso é que acho que a melhor composição fosse o Beto como presidente e Nicácio, o vice”, conclui Dall Cortivo.

A eleição para a nova diretoria do Hospital Frei Clemente de Soledade ocorrerá no próximo dia 29.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais