Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Vigilância Epidemiológica descarta casos de sarampo em Soledade

Baixar Áudio por Leticia Nunes

No Brasil, houve aumento de 18% no número de casos

Marina Piovesan enfermeira coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Soledade.
Foto: Letícia Nunes/Tua Rádio Cristal.

O próprio ditado popular alerta. "Prevenir é melhor do que remediar", e é com esta expressão que a Vigilância Epidemiológica de Soledade tem tratado quanto à prevenção do sarampo. Doença que preocupa em torno de 14 Estados brasileiros. Segundo os últimos dados fornecidos pelo Mnistério da Saúde, o número de casos subiu 18%, no Brasil, nos últimos 90 dias. Até o momento, são 2.753 casos de sarampo confirmados no país.

O município de Soledade felizmente, não tem registro de casos confirmados, porém, o alerta para a prevenção é contínuo, assim como explica a enfermeira coordenadora da Vigilância Epidemiológica Marina Piovesan. "Os dados divulgados agora nesta quarta-feira, referente ao Brasil, apesar de o Rio Grande do Sul estar livre da doença, nos preocupam. Esta doença é altamente contagiosa".

Marina enfatiza que a população procure a unidade de saúde mais próxima e confira a caderneta de vacinação. "Fica o nosso lembrete para que a comunidade analise a situação vacinal, especialmente, de seus filhos, devido a doença ser mais preocupante e a taxa de complicação maior em crianças menores de 05 anos, gestantes ou pessoas com a imunidade comprometida."

As doses contra o sarampo são oferecidas em todas as unidades de saúde do município. "Com este surto vacinamos agora os bebês a partir dos os 06 meses de idade, já que antes era com 1 ano. Lembramos inclusive, que dos 06 meses até os 29 anos, a pessoa precisa ter 2 doses e dos 30 até os 49 anos é necessária a comprovação de 01 vacina". lembra a coordenadora.

A enfermeira destaca ainda, que qualquer tipo de vermelhidão na pele, não significa que deve ser sarampo. "Até o momento não há registro de casos de sarampo em Soledade, contudo, qualquer desconfiança, presença de manchas avermelhadas na pele, febre e conjuntivite, o chamamento é para que um médico seja procurado".

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais