Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Vida
10:00:00
 
 

Senador Heinze é contra a extinção dos pequenos municípios

Baixar Áudio por Leticia Nunes

Asssunto foi pauta de discussão durante encontro regional dos Progressistas em Soledade

Reunião ocorreu no município de Mormaço.
Foto: Marcos Vinícius de Souza/Tua Rádio Cristal.

O partido dos Progressistas já se organiza e mobiliza a fim do pleito eleitoral de 2020. Em virtude a isso, é que foi realizada uma reunião, no município de Mormaço e que contou com uma boa participação de lideranças políticas, correligionários, simpatizantes e inclusive com o senador da república, Luiz Carlos Heinze.

Na ocasião, além do debate em torno das articulações políticas, foram discutidos diversos assuntos. Um deles diz respeito a pauta referente ao pacto federativo que está em tramitação no congresso nacional, que prevê a extinção dos municípios com menos de 5 mil habitantes, a qual o senador é contra. “Já manifestei publicamente meu voto contrário a respeito da exclusão dos pequenos municípios. Acredito que no senado nós derrubamos esta proposta”.

Quanto a projetos e pleitos em benefício à região do Alto da Serra do Botucaraí e arredores, um de importante relevância é a construção do Porto de Torres, em que conforme o senador, os estudos já estão em andamento. “Estamos em trabalho na montagem de um orçamento, até o final do ano, na busca de recursos privados, já que não se tem investimentos públicos nesta obra”.

A intenção da viabilidade do Porto de Torres, é fomentar, de acordo com o senador, o desenvolvimento econômico e incentivo aos produtores da região. “Estamos no auxílio ao Porto de Rio Grande, mas entendemos que o Rio Grande do Sul comporta mais que um porto, a exemplo temos Santa Catarina, que possui 6 portos. Esta segunda opção viabiliza o custo da logística para o RS, é o transporte do fertilizante, do diesel, da madeira, dos insumos. É nesta questão que estamos em trabalho”.

Referente à Reforma da Previdência, após ser promulgada no senado, agora a grande luta, de acordo com Heinze, é a inclusão dos Estados e Municípios. “No Senado já fizemos isso, agora como retorna à Câmara, nossa intenção é essa, já que mais de 200 Municípios brasileiros não fecham as contas, assim como 23 dos 27 Estados, incluindo o RS. Temos de ajustar a máquina pública, para que o Estado seja governável, já que da forma que está, não há possibilidade de governar”.

Para finalizar, Heinze não descartou a possibilidade de uma possível candidatura ao Governo do Estado. “O meu lema é trabalho e minha função é mantê-lo em prol do RS e é um estado que tem solução. Estou preocupado em fazer o que eu posso por Mormaço, pela região, pelo RS. A futura candidatura, não é minha preocupação agora, mas o futuro a Deus pertence”.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais