Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Vereadores soledadenses aprovam por maioria subsidios dos representantes do Executivo e Legislativo da gestão 2021 a 2024

por Marcus Vinicius Prates de Souza

Emenda do vereador Sérgio Rodrigues foi reprovada por seus pares do legislativo soledadense

Vereadores soledadenses reunidos em sessão ordinária
Foto: Nayam Franco/Tua Rádio Cristal

Durante sessão ordinária, realizada na noite desta segunda-feira, 15/06, foi aprovada pela maioria dos vereadores de Soledade, a manutenção de R$ 5.347,88, valor atual de seus salários, para a próxima legislatura 2021/2024 rejeitando uma emenda que previa a sua diminuição.

O projeto de lei N° 04/2020 fixava o subsídio dos vereadores para a próxima legislatura, no entanto, o vereador Sérgio Rodrigues da Silva (MDB) fez uma emenda ao projeto que previa a diminuição deste valor para R$ 4 mil. Para o presidente do Legislativo, o valor ficaria em R$ 4,8 mil, visto que hoje ele recebe R$ 6.417,46, devido à verba de representação.

Mesmo tendo o apoio dos vereadores da bancada Progressista, Eduardo Tatim, Juarez Berté e Ida Dolores Walendorff, e um voto do PSDB do vereador Luiz Carlos Vizzoto, a emenda foi derrotada por 7 votos a 5.

Logo em seguida, os vereadores votaram o projeto que previa a manutenção do atual salário para a próxima legislatura, sendo o mesmo aprovado pela maioria dos legisladores da casa, tendo votos favoráveis dos vereadores Gustavo Baldisserra e José Elton do PL; Nei Vermeio e Juarez Moraes do MDB; João Francisco do PSB; Chico Guerra do PDT e Edson Ivo Stecker do PSDB.

Segundo o presidente da casa, Miguel Adones de Campos (MDB), a mesa diretora, autora da proposta, tentou a redução para R$ 4,8 mil, mas não houve aceitação dos vereadores e só conseguiu a maioria com a manutenção dos vencimentos para a próxima legislatura.

Já o projeto de lei nº 03/2020 que fixa os subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários para a legislatura 2021/2024, foi aprovado por unanimidade, com isso os valores permanecerão iguais aos atuais, ou seja, R$ 11.312,68 (prefeito), R$ 6.787,61 (vice) e R$ 5.347,88 (secretários municipais).

Ouça a entrevista com Miguel Adones de Campos, na íntegra, no player de áudio acima.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais