Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Candidatos a prefeito e vice de Soledade, Bettim e Vizzoto apresentam propostas na Tua Rádio Cristal

Baixar Áudio por Nayam Franco

Objetivo das entrevistas foi de proporcionar que a comunidade pudesse conhecer um pouco mais do que pensam os postulantes ao Executivo

Foto: Paulinho Paes/Tua Rádio Cristal

A Tua Rádio Cristal recebeu nesta segunda-feira, 14/09, os candidatos ao Executivo Municipal homologados pelas convenções partidárias que foram finalizadas no município neste fim de semana.

A coligação MDB, PL, PSB, DEM e PSL com Marilda Borges Corbelini (MDB) como candidata a prefeita e Sergio Portella (PL) como candidato a vice-prefeito; a coligação PSDB, PP e PDT com Edson Bettim como candidato a prefeito e Luiz Carlos Vizzoto como candidato a vice-prefeito, ambos do PSDB; e a chapa pura do Partido dos Trabalhadores com Alisson Ferronato dos Santos e Leão Gonçalves como candidatos a prefeito e vice, respectivamente.

Os assuntos abordados durante as entrevistas foram similares e abordaram os mesmos temas, com visões diferentes dispostas pelos candidatos. Entre os principais pontos das entrevistas foram abordadas as prioridades de governo, o equilíbrio nas finanças públicas e o enxugamento da máquina pública.

Prioridades de governo

"As prioridades são definidas quando a gente ouve as pessoas. No interior as pessoas dizem que sabem produzir, mas precisam de estradas de boa qualidade, o ano todo e todos os anos pra poder transportar a produção. O pessoal quer saúde, eu insisto investir mais no profissional da saúde para que ele dê um atendimento humanizado, se a pessoa está doente ela chega e é acolhida. Os jovens do interior precisam de internet, de educação. Na cidade, é fundamental dar pleno apoio a Vibra, mas vamos apoiar também os pequenos empresários de Soledade que precisam de apoio para crescer e gerar empregos", disse Betim.

Equilíbrio nas finanças públicas

"Nós temos que fazer aquilo que nós fazemos em casa com a nossa família e com as empresas do setor privado. Gastar menos do que não é necessário, diminuir despesas para sobrar dinheiro para investir em obras, em qualificação profissional, investir no social, nas pessoas que merecem e precisam de atenção. Gastar menos para sobrar dinheiro. Tem que adequar o número de servidores públicos a qualidade dos serviços que a população merece e precisa, não pode ter demais e nem de menos. Uma estrutura adequada e que não gere grandes despesas e que preste um serviço de qualidade", finalizou Bettim.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais