Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Ex-deputados são presos em nova fase da Operação Lava Jato

por Ivan Sgarabotto

Na 11ª fase da Operação Lava Jato, policiais federais cumprem 32 mandados judiciais

Foto: Divulgação

Sete pessoas foram detidas na manhã desta sexta-feira (10) na 11ª fase da Operação Lava Jato, intitulada A Origem, que investiga desvios de recursos na Petrobras. Entre os presos estão os ex-deputados Luiz Argôlo, (SD-BA), Pedro Corrêa (PP-PE) e André Vargas (sem partido - PR). Além deles, o irmão de André Vargas, Leon Vargas, a secretária de Argôlo, Elia Santos da Hora, Ivan Mernon da Silva Torres, e Ricardo Hoffmann, que é diretor de uma agência de publicidade, também serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal. 

Na nova fase da operação, cerca de 80 policiais federais cumprem 32 mandados judiciais: sete de prisão, nove de condução coercitiva e 16 de busca e apreensão nos estados do Paraná, da Bahia, do Ceará, de Pernambuco, do Rio de Janeiro e de São Paulo e no Distrito Federal. Também foi decretado o sequestro de um imóvel de alto padrão na cidade de Londrina, no Paraná. 

De acordo com a PF, a atual fase tem como bases a investigação feita em diversos inquéritos policiais e a baixa de procedimentos que tramitavam no Supremo Tribunal Federal, apurando fatos criminosos atribuídos a três grupos de ex-agentes políticos, que abrangem os crimes de organização criminosa, quadrilha ou bando, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude em procedimento licitatório, lavagem de dinheiro, uso de documento falso e tráfico de influência.

O órgão informou que a investigação abrange, além de fatos ocorridos no âmbito da Petrobras, desvios de recursos em outros órgãos públicos federais.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais