Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Voto de louvor aos profissionais do SAMU gera divergências no legislativo soledadense

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Vereadores divergiram sobre a forma que o requerimento foi proposto

Nei Vermeio explicou seu voto contrário
Foto: Arquivo Tua Rádio Cristal

Na sessão ordinária do legislativo soledadense desta segunda-feira, 06/05, o voto contrário do vereador Jorgenei Sérgio de Souza, MDB, em relação ao requerimento n° 07/2019, de autoria do vereador José Elton de Moraes, PT, propondo que seja concedido Voto de Louvor aos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, unidade de Soledade, pelo excelente trabalho que prestam, salvando vidas, gerou divergências entre os edis.

José Elton, em sua manifestação, disse que o voto de louvou proposto é em decorrência do excelente trabalho que vem sendo realizado por aqueles profissionais, que, nos últimos dias, conforme Elton salvaram seis vidas.

Elton se disse surpreendido com a posição do vereador Nei Vermeio e que não sabe se o mesmo tem algum problema particular com os profissionais citados.

“Cada um faz conforme quer e não um vereador querer ensinar o outro, cada um faz do jeito que quer”, disse José Elton se referindo ao colega vereador.

Após a manifestação do proponente sobre a homenagem que atribuiu, pelos serviços de qualidade, que são prestados por estes trabalhadores e que merecem o reconhecimento da comunidade, o vereador Jorgenei de Souza, que votou contrário a esta proposta, deu seu contraponto na manhã desta terça-feira, 07/05.

Segundo Nei Vermeio, esclarecendo seu posicionamento, o presidente do legislativo soledadense, em seu requerimento, propôs que fosse concedido Voto de Louvor “aos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel – SAMU de Soledade”, motivo este pelo qual se posicionou contrário.

Jorgenei disse entender que se é para conceder o voto de louvor, que seja a todos os profissionais da área da saúde, que, de forma voluntária “salvam vidas”, e não para aqueles que o fazem pensando apenas em seu salário no final do mês.

Nei citou profissionais dos postos de saúde dos bairros, do interior e posto central, que também salvam vidas e que ficaram de fora da proposta, esta, segundo ele, é a sua principal indignação.

Questionado se sua posição teria sido em decorrência de seu filho ter trabalhado no SAMU e hoje não faz mais parte daquele grupo de profissionais, Nei deixou bem claro que uma coisa não tem nada a ver com a outra e que sabe separar os fatos.

“Se quer conceder voto de louvou a quem salva vidas, que seja a todos os profissionais e não apenas direcionado a alguns em especial”, enfatizou Nei Vermeio.

Por fim, o edil disse que pensará se irá ou não propor a concessão de voto de louvou a “todos os profissionais que salvam vidas” no município.

Ouça a entrevista com Jorgenei Sérgio de Souza, na íntegra, no player de áudio acima.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais