Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Academia Soledadense de letras empossa três novas confreiras

por Carolina Grotto Giongo

A Academia Soledadense de letras realizou uma sessão festiva de posse e investidura de três novas confreiras a entidade

Foto: Divulgação

Na noite desta terça-feira, 26/03, a Academia Soledadense de letras realizou uma sessão festiva de posse e investidura de três novas confreiras a entidade.

Foram empossadas e ingressaram a academia as professoras Ádria Brum de Azambuja, Roseli Cristina Vizotto Schmittt e Tânia Elisabete Trevisol de Assis. O evento aconteceu no auditório Ivo José Stein da Prefeitura de Soledade.

Autoridades se fizeram presentes como o vice-prefeito de Soledade, presidente do Lions, presidente da Câmara de Vereadores, representante da Sicredi Botucaraí RS/MG.

O cerimonial se dividiu em três partes: compromisso, investidura e posse. O presidente da ASL conduziu a cerimônia. O confreira Adria assume a cadeira nº 13 - patrono Pedro Corrêa Garcez, a confreira Roseli assume a cadeira nº 20 - patrono Renato Wedy Couto e a confreira Tânia assume a cadeira nº 24 - patrono Jorge Augusto de Paula.

Para o presidente da ASL, confrade Jairo Ferreira, a cultura se engrandece com essas adições. “Recebemos com muita alegria as nossas três confreiras nessa solene noite, e tenho certeza que estaremos juntos defendendo a cultura soledadense e levando nossas poesias e escrituras cada vez mais longe”, destacou.

A confreira Ádria Brum de Azambuja destacou a emoção de estar vivendo esse momento. “Há experiências nessa nossa vida que não encontramos palavras pra descrever o que acontece, e assim estou, o que me ocorre são cenas de um filme chamado vida que eu tenho protagonizado há meio século. Cada vez que estou em momentos singulares no âmbito educacional lembro das falas de minha mãe, a ela minha gratidão”, disse.

Para a confreira Roseli Vizotto Schmitt é impossível não relembrar a trajetória que a levou até esse local. “Estar aqui hoje talvez seja a coração da vontade de uma menina que queria estudar, pois venho de um tempo que filha mulher devia ser preparada para o casamento, vencer tudo isso e vencer o preconceito torna esse momento de hoje uma vitória”, falou.

Já a confreira Tânia Elisabete Trevisol de Assis é uma honra estar nesse dia cercada de amigos. “Jamais sonhei ocupar uma cadeira na academia soledadense de letras, isso ocorreu quando escrevi meu livro e conheci os integrantes da ASL, e minha padrinha e segunda mãe Maria Leda Loss dos Santos, ocupo hoje a cadeira 24, hoje é um dia especial pra mim, estou emocionada e realizada” frisou.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais