Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Alaor Chagas objetiva uma maior qualidade na educação perante à 25 CRE

por Leticia Nunes

Novo Coordenador já atua na região de ensino de Soledade

Novo Coordenador da 25ª CRE, com sede em Soledade, Alaor Baptista Chagas.
Foto: Tua Rádio Cristal.

Após expectativas, todo um processo seletivo, referida escolha de quem assumiria a coordenação regional de Educação, com sede em Soledade e após passar por toda uma preparação, Alaor Baptista Chagas, já está no município e na competência desta responsabilidade.

No último dia 02, 30 coordenadores de educação foram empossados por parte do Governo do Estado e na sequência passaram por um curso de formação, que perdurou uma semana, com uma qualificação aproximada de 10 horas ao dia. Conforme Chagas, devido a Educação deste governo possuir um mesmo norte, todos os coordenadores reunidos nesta capacitação, foram orientados através das ações e objetivos, a respeito de um ensino de qualidade.

Na sequência, quando chegou a Soledade, nesta semana, o novo coordenador, enfatizou que foi muito bem recebido, pelos professores e profissionais atuantes na 25ª CRE. Nesse sentido, é que uma reunião já ocorreu, a fim de que as primeiras ações fossem colocadas em prática.

Chagas elogiou na ocasião, a atuação de Janete Cavalini, que respondeu até poucos dias atrás, como interina da 25ª CRE, sendo que o convite para que ela assumisse a coordenação adjunta já ocorreu, em virtude do trabalho desempenhado, o conhecimento da realidade educacional e o apoio demonstrado neste momento de transição de cargos.

De acordo com o professor, um incremento no ensino é fundamental para que o conhecimento transcenda a sala de aula. "O que pode ser acrescentado, é o trabalho de pesquisa aos nossos estudantes, desde a educação infantil, ensino médio e ensino superior. Temos de ter projetos paralelos, fora do horário normal de aula e utilizar o vídeo, o canto, o verso, os computadores, para que o aluno se sinta atraído".

Na 25ª CRE, são em torno de 20 pessoas em atuação nos diversos setores, o que na avaliação do professor é um número restrito, mas, que consegue atender as demandas. O que torna um pouco mais preocupante os trabalhos, é o setor de recursos humanos, em que a carência de professores, infelizmente é uma realidade do Estado. O motivo desta situação, segundo Chagas, são as aposentadorias e as licenças, que constantemente aparecem e o RH tem de contornar.

Confira a entrevista no link:

https://www.facebook.com/tuaradiocristal/videos/696499274202518/

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais