Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

25ª CRE se posiciona sobre dificuldades enfrentadas pelo Instituto São José de Soledade

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Coordenação acredita que as atividades se normalizarão naturalmente

Coordenadoria regional de educação
Foto: Tua Rádio Cristal

Recentemente a direção do Instituto Estadual de Educação São José, de Soledade, demonstrou certa preocupação em relação às Aulas Programadas, proposta pelo governo do Rio Grande do Sul, e apontou algumas dificuldades encontradas na primeira etapa e citaram também problemas com a segunda fase.

Ao tomar conhecimento da situação o coordenador da 25ª CRE, Alaor Baptista Chagas, informou que após um momento de greve e posteriormente de férias, neste momento estão reiniciando o ano letivo nas escolas, umas em fevereiro outras em março, quando se iniciou as aulas programadas, em virtude da pandemia do coronavírus.

Alaor foi enfático em afirmar que as aulas programadas estão sendo um sucesso, alcançando seus objetivos que é o de fazer o envolvimento da comunidade escolar no sentido que os alunos tenham um atendimento especializado, especialmente dos professores.

Quanto ao Instituto São José, Alaor disse entender as dificuldades encontradas pela direção, pois existem características diferenciadas em cada escola, especialmente em se tratando de alunos que moram distante das mesmas e que não tem acesso às mídias sociais para a realização dos trabalhos. “Desenvolveremos atividades na segunda etapa para atingirmos um percentual próximo a totalidade dos alunos”, destacou.

Atingir 100% dos alunos é a principal meta da coordenadoria, pois se tem a obrigação de trabalhar com todos, porém se percebe, até mesmo nas aulas presenciais, a falta de alguns estudantes quase que diariamente, mas isto não é justificativa.

Existem maneiras de buscar os alunos para desenvolver as atividades, se não através de whatsapp, facebook, e-mail ou outra plataforma digital, há a possibilidade de fazer através do rádio, quando se faz a divulgação para o conhecimento dos pais sobre o material que deve ser retirado nas escolas.

Em relação aos alunos morarem longe das escolas trata-se de um processo normal e natural. Sobre isso Alaor reforçou o usa da rádio para a comunicação entre professores, pais e alunos para que o material didático, de alguma maneira cheque em suas casas.

Quanto ao assunto mais delicado, o ambulatório da secretaria municipal da saúde instalado no educandário, com o aval do governo do estado, Alaor foi enfático ao dizer que as aulas presenciais naquele espaço só retornarão quando a saúde do município garantir que o mesmo está totalmente desinfectado.

Estamos gestionando, temos contatos com outros espaços e trabalhamos neste sentido para que este problema seja solucionado, para que os nossos alunos não fiquem nenhum dia sem aulas, encerrou Alaor Chagas.

Ouça a entrevista com Alaor Baptista Chagas, na íntegra, no player de áudio acima.

 

 

 

 

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais