Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
08:00:00
Missa Dominical
08:50:00
 
 

Sine de Soledade orienta trabalhadores sobre encaminhamento do seguro desemprego

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Trabalhador pode seguir o passo-a-passo para solicitar o benefício

Pâmela acompanhada do seu filho, Enzo e de Antônio Carlos Ractz
Foto: Paulinho Paes/Tua Rádio Cristal

O seguro-desemprego é um benefício pago temporariamente ao trabalhador com carteira assinada que foi mandado embora sem justa causa. Para ter direito ao dinheiro do seguro, porém, é preciso cumprir alguns requisitos, como tempo de trabalho.

O trabalhador com carteira assinada pode pedir o seguro-desemprego entre 7 e 120 dias após a data de demissão, e o funcionário doméstico pode pedir de 7 a 90 dias após a demissão.

Para encaminhar o seguro desemprego o trabalhador precisa comparecer a um posto de atendimento do Sine, preencher um formulário e entregar a documentação. Apenas depois de ir ao Sine é que começa a contar o prazo de 30 dias para o recebimento do benefício.

No entanto este procedimento está paralisado em virtude da pandemia da Covid-19, o coronavírus, funcionários dos postos estão realizando o trabalho de atendimento on-line.

Segundo Pâmela Franco, funcionária da agência do Sine em Soledade, o trabalhador que precisar fazer o encaminhamento do seguro desemprego deve fazer através de seu computador ou celular pela internet sem precisar comparecer a um posto de atendimento, no entanto se o mesmo precisar de ajuda pode solicitar através do whatsapp particular da funcionária Valquíria (9.8143-7898) ou através dela mesmo (9.9112-3775).

Porem o cidadão pode seguir os seguintes passos e fazer ele mesmo:

Como vai funcionar

  • O encaminhamento do Seguro-Desemprego será feito pelo site Emprega Brasil, no endereço: https://empregabrasil.mte.gov.br/
  • Para ter acesso aos serviços do Emprega Brasil, a primeira coisa que o trabalhador precisa fazer é se cadastrar no site:
  • Ao clicar em “Cadastrar” abrirá a tela do cidadão.br, a ferramenta de autenticação do trabalhador no site:

Será necessário informar dados pessoais (CPF, nome, data de nascimento, nome da mãe, estado de nascimento (se for nascido no exterior, a opção será “Não sou brasileiro”). Essas informações serão validadas no Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis). Caso estejam corretas, o trabalhador será direcionado a responder um questionário com cinco perguntas sobre seu histórico laboral. Por isso, é importante ter em mãos a Carteira de Trabalho física. É preciso acertar pelo menos quatro das cinco perguntas. Em seguida, o trabalhador receberá uma senha provisória que deverá ser trocada no primeiro acesso.

Caso o usuário não consiga acertar as respostas, terá de aguardar 24 horas para uma nova tentativa ou entrar em contato com a central 135 do INSS para auxílio.

  • Ao finalizar o cadastro, o trabalhador terá acesso aos serviços do Emprega Brasil. Uma das opções será “Solicitar Seguro-Desemprego”.
  • Será necessário preencher um cadastro com informações pessoais e profissionais, o mesmo que era preenchido anteriormente nos postos do Sine.

O cadastro está dividido em oito páginas com informações pessoais, profissionais, acadêmicas, vagas de emprego e cursos de qualificação disponíveis.

Ao finalizar o preenchimento de cada página, o próprio programa direciona o trabalhador automaticamente para a página seguinte:

  • Uma das páginas permite ao trabalhador colocar informações sobre sua qualificação acadêmica e profissional, dados importantes para que o programa busque vagas de emprego disponíveis na área do trabalhador:
  • As vagas de emprego são relacionadas automaticamente pelo programa:

O agendamento para as vagas de emprego é muito simples e intuitivo:

  • O trabalhador tem ainda a opção de se inscrever em cursos de qualificação:
  • Ao final, basta confirmar o interesse em solicitar o benefício do Seguro-Desemprego:

Aí, é só agendar o atendimento presencial para confirmar o cadastro e aguardar a liberação das parcelas, o que deve ocorrer 30 dias após o preenchimento do documento pela internet.

Se a data para o atendimento presencial ultrapassar o prazo de 30 dias, a emissão da parcela ocorrerá na semana seguinte ao atendimento.

Pâmela orientou os trabalhadores para que busquem as informações através dos seguintes números 9.9112-3775 (Pâmela) e 9.8143-7898 (Valquíria) pelo whatsapp.

O valor de cada parcela do seguro-desemprego varia de R$ 1.045, valor do salário mínimo desde fevereiro de 2020, a R$ 1.813,03.

O trabalhador recebe entre três e cinco parcelas de seguro-desemprego. A quantidade de parcelas varia de acordo com quantas vezes o trabalhador já fez o pedido, e quanto tempo trabalhou antes da demissão.

Por fim, Pâmela solicitou que as pessoas observem o horário para fazer a ligação, o horário é das 8h às 12h e das 13h30 às 17h, este é o horário comercial para atendimentos.

Ouça a entrevista com Pâmela Franco, na íntegra, no player de áudio acima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais