Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Criança morre vítima de Meningite em Passo Fundo

por Rudimar Galvan

Autoridades de saúde estão em alerta

Uma menina de 8 anos de  idade morreu após contrair Meningite em Passo Fundo. Identificada como Vitoria Aparecida da Silva, era aluna do Colégio Wolmar Salton, residia no Bairro São Cristovão II  e apresentou os sintomas típicos da doença  na última quarta-feira. 15/07, vindo a ser internada na CTI Pediátrica do  Hospital São Vicente de Paulo, onde faleceu no final da tarde deste domingo, 19/07.

Conforme familiares, a criança não saiu da cidade nos últimos dias e estava bem, mas, na última quarta, queixou-se de uma forte dor de cabeça. A família procurou atendimento médico , mas em menos de 30 horas o caso evoluiu  para pior e a criança entrou em óbito. Vitória Aparecida da Silva tem uma irmã, de 11 anos, que até o momento não apresentou qualquer sintoma da doença, bem como seus demais familiares.

A Meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro.  Existe mais de um tipo de Meningite, as chamadas cepas,  e para cada um deles há causa e sintomas específicos. São  3 tipos principais da doença: viral, bacteriana e fungica, sendo a bacteriana a mais grave, podendo levar a morte. 

O responsável pelo Hospital São Vicente de Paulo, Dr. Júlio Stobbe, confirmou que a menina morreu vítima de Meningite bacteriana, mas a cepa do vírus ainda não foi identificada, o que deve ocorrer ainda no início desta semana. Stobbe destacou que casos de meningite não são novidade em Passo Fundo, mas a bacteriana, que é a mais grave, não costuma aparecer com frequência.

Falando sobre o caso específico da menina, Stobbe destacou que o exame para identificar se trata-se de uma Meningite demanda tempo, pois é colhido líquido da medula espinhal, sendo que todo o procedimento foi feito na paciente, mas o quadro complicou-se rapidamente.

Conforme o médico,  não existe mais pacientes com Meningite Bacteriana em quarentena ou acompanhamento no Hospital São Vicente de Paulo. Por outro lado, casos de Meningite Viral, que é mais comum e branda, são  frequentes  na unidade.

Os primeiros e principais sinais de Meningite, quando manifestados, são facilmente confundidos com os sintomas típicos da gripe.  Eles geralmente aparecem de algumas horas até dois dias após a infecção, sendo o vômito e a forte dor de cabeça os mais comuns. O tratamento é feito a base de antibióticos, mas não existe um remédio específico. A rede pública possui vacina gratuita para crianças, mas esta imuniza somente para um dos tipos da doença, deixando todo o resto desprotegido. 

Existe vacina na rede privada,  que protege contra 4 cepas diferentes da doença,  custando de R$500 a R$800 a dose.  A doença é mais comum em crianças de até 5 anos, mas pode atingir qualquer faixa etária.  Pessoas com imunidade baixa, como gestantes, idosos e quem estiver em tratamento de saúde apresentam mais facilidade em contrair a doença.

O Secretario Municipal de Saúde, Dr. Luiz Artur Rosa Filho, explicou que , como se trata de uma doença contagiosa, a prefeitura vai adotar o protocolo de  saúde em todas as pessoas que tiveram contato com a menina, especialmente familiares próximos.  Inicialmente o que pode ser feito é o monitoramento de todos,  inclusive na escola Wolmar Salton onde ela estudava. 

Se identificados os sintomas parecidos com a gripe,  ou forte dor de cabeça, a pessoa deve  procurar atendimento médico imediatamente, informando que teve contato com círculo  em que estava a menina, vítima da doença.  A Escola Wolmar Salton entra em férias nesta segunda-feira, o que pode minimizar os riscos de contaminação.

O Secretário explicou que o Estado vai definir o que será feito no início desta semana, podendo encaminhar vacinas para imunizar a população em caso de risco de surto, mas ainda é muito cedo para que isso ocorra. Destacou que as pessoas expostas ao vírus não tem garantia com a vacina, já que ela demora até 30 dias para fazer efeito no corpo. A vacinação seria uma prevenção de contágio e não de controle inicial da doença.

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais