Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Suicídio na adolescência será tema de debate em Marau

por Ana Lúcia Jacomini

Evento é organizado pelo HCR e pela Secretaria Municipal da Saúde

Imagem Ilustrativa
Foto: Reprodução/Canva

Reduzir a taxa global de mortalidade por suicídio em um terço até 2030 é uma das metas das Nações Uunidas, nos "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável". De acordo com o órgão, a cada ano, mais de 700 mil pessoas perdem a vida por suicídio. Os números assustam também na adolescência pois é a quarta causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a terceira entre meninas de 15 a 19 anos.  Além disso, historicamente, a adolescência – que é o período compreendido entre os 10 e os 19 anos, é crítico para a aquisição de habilidades socioemocionais, principalmente porque metade dos problemas de saúde mental aparecem antes dos 14 anos.

Em meio a esta realidade, o Hospital Cristo Redentor e o poder público municipal de Marau, através da Secretaria Municipal da Saúde, são parceiros na promoção da live “Setembro Amarelo: suicídio da adolescência, vamos falar sobre!” Diferentemente do que foi a edição do ano passado, apenas virtual, desta vez o evento vai acontecer no Anfiteatro do IESTA (Instituto Santo Tomás de Aquino), oportunizando que alguns estudantes do Ensino Médio interajam com os debatedores. Mas, devido ao número limitado de pessoas que poderão acompanhar presencialmente o evento, haverá a transmissão ao vivo, pelo Facebook do HCR e da Prefeitura.

O evento está marcado para a quinta-feira, 23/09, a partir das 20h. Com conhecimento técnico e prático, vão integrar o quadro profissional da live os médicos psiquiatras Eduardo Antônio Tedeschi e José Ribamar Saraiva Júnior; coordenadora de ações sem saúde do município, Fernanda Garbin; psicólogas do hospital Lilian Stolfo Maculan Rettore e Mayara Larice de Sousa Oliveira e a filósofa e psicóloga Bruna Bassani Federizzi.  O debate será mediado pela assessora de comunicação da casa de saúde, a jornalista Kelly Regina Filippi.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais