Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Prova de vida pode ser realizada de forma remota

por Taliane Radaelli

O processo voltou a ser obrigatório para todos os beneficiários do INSS

Foto: Reprodução / Governo Federal

A prova de vida voltou a ser obrigatória neste mês de junho, mas com algumas modificações. Agora os aposentados e pensionistas do INSS - Instituto Nacional de Seguro Social, poderão realizar o processo de forma online através dos aplicativos Meu gov.br e Meu INSS, pelo site meu.inss.gov.br, em caixas eletrônicos ou até por procuração.Os aplicativos estão disponíveis na Google Play e App Store, ou, ainda, nos ambientes web.

A medida tem o objetivo de evitar aglomerações durante a pandemia. O novo sistema viabiliza a prova de vida online através de tecnologia de biometria facial, desenvolvida pelo Serpro e pela Dataprev. Para utilizar a funcionalidade, é necessário que o usuário tenha feito a coleta de biometria para o título de eleitor, além de possuir uma conta no gov.br, o portal de serviços de governo.

Caso não seja possível a realização da prova de vida por celular, a orientação do INSS é que o cidadão procure a agência bancária responsável pelo recebimento do benefício. Alguns bancos permitem que a validação seja feita por biometria nos próprios aplicativos ou até mesmo em caixas eletrônicos. Uma terceira opção, para aqueles que não puderem ir ao banco por motivo de doença ou dificuldades de locomoção, é fazer a prova de vida por meio de um procurador. Mas, para isso, é preciso que a procuração seja cadastrada no INSS. A prova de vida por procuração também é uma alternativa para beneficiários que moram no exterior.

O processo é exigido para todos que recebem benefícios de seguro social por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético, ela é realizada anualmente para comprovar a existência do beneficiário e evitar fraudes. 

Informações: Agência Brasil 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais