Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Instituições da região sentem efeitos do contingenciamento na Educação

Baixar Áudio por Camila Agostini

No polo da UAB em Camargo já se registra cancelamentos de atividades e mudanças no cronograma

Em Camargo, por exemplo, foram canceladas aulas devido à falta de recursos disponíveis
Foto: Reprodução/UAB Camargo

O Ministério da Educação está entre as três pastas mais afetadas por contingenciamentos anunciados pelo Governo Federal em 2019. O bloqueio confirmado no mês de abril interferiu no orçamento de universidades e institutos federais de ensino. O Ministério da Economia previa bloqueio de mais de R$ 7 bilhões, mas recuou e liberou, aproximadamente, R$ 1,5 bilhão.

O chamado contingenciamento afeta as instituições públicas que já sentem os efeitos dos bloqueios orçamentários. É o caso da UAB – Universidade Aberta do Brasil, polo Camargo. Desde o início das atividades, em dezembro de 2007, é a primeira vez que a unidade enfrenta problemas como cancelamento de aulas e outras mudanças no cronograma de ações da instituição.

Em entrevista para a Tua Rádio Alvorada, a coordenadora do polo, Catiana Dallacorte Lodi, diz que 2019 foi um ano atípico. “A realidade das universidades públicas é bem instável. Deixamos bem claro que não é por falta de organização ou má vontade, mas pela situação econômica do país. O impacto é direto e instantâneo”, ela diz. Ouça no player de áudio. Segundo a coordenadora, ainda no primeiro semestre, foram canceladas aulas devido à falta de recursos disponíveis para o deslocamento de professores.

A infraestrutura do polo é mantida por contrapartida do Poder Público Municipal de Camargo, mantenedor da unidade. Através de verba da Secretaria de Educação do município, manutenção de equipamentos, salários e serviços internos estão garantidos. Situação que é diferente em algumas instituições do país, em que os bloqueios atingem o custeio de pesquisas e, até mesmo, o fornecimento de energia elétrica.   

“Temos esperança, no entanto, que a situação mude e que a educação volte a ser valorizada como foi e como tem que ser. É pela universidade que passam todos os profissionais”, desabafa Catiana.

O Polo da UAB de Camargo oferece vagas em seis cursos de graduação. As turmas de Pedagogia e Geografia estão integradas à Unipampa; os cursos de Tecnologia em Sistemas para Internet e Formação Pedagógica são vinculados ao IFFSUL – Instituto Federal da Fronteira Sul, enquanto o bacharelado em Desenvolvimento Rural, bem como, Ciências Sociais, são oferecidos em parceria com a UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul.  

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais