Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Cinco municípios da região avaliaram as perdas nas lavouras por conta da estiagem

por Bruno Roso

Os municípios enviaram documentação ao governo estadual, buscando o decreto de situação de emergência

Foto: Bruno Roso/Tua Rádio Alvorada

Em reunião realizada na prefeitura de Marau na segunda-feira, 24/02, representantes dos governos de Marau, Nicolau Vergueiro, Vila Maria, Camargo, Gentil, além de agrônomos e sindicalistas rurais estiveram debatendo soluções para minimizar os prejuízos da estiagem que o Rio Grande do Sul está enfrentado.

Os municípios enviaram documentação ao governo estadual, buscando o decreto de situação de emergência. No entanto, conforme a Defesa Civil regional, o processo de homologação está lento devido à grande procura das cidades gaúchos em obter a documentação. O estado trabalha com a previsão de 60 dias de espera. Com o estado de emergência reconhecido oficialmente, os agricultores poderão aderir por exemplo, ao Pro agro.

O último estudo relativo a perdas nas propriedades rurais foi elaborado pela Emater de Marau ainda no mês de janeiro. A reunião levou por base as estimativas registradas por cinco agrônomos. Segundo eles, a situação mais crítica está nas lavouras de milho, onde apontam-se 70% de prejuízos. A cultura da soja está com 50%. As chuvas previstas para esta semana devem minimizar maiores estragos.

Na ocasião foi apresentado um documento elaborado por 23 núcleos sindicais rurais contendo 20 prioridades para os agricultores no momento. Entre os principais pedidos está o objetivo para que se revise os juros nas linhas de créditos com a finalidade de baixá-los. Na próxima semana serão feitas audiências na secretaria nacional da agricultura, em Brasília, onde estas exigências serão apresentadas.  

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários