Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Chuvas prejudicam alimentação dos rebanhos gaúchos

por Ana Lúcia Jacomini

Situação pode elevar o custo de produção

Quantidade de água no solo, em função do longo período de chuvas, prejudica o manejo dos animais
Foto: Divulgação/Emater RS

A longa sequência de dias chuvosos, as baixas temperaturas e a baixa incidência solar vêm prejudicando o pleno desenvolvimento das pastagens, que têm sofrido com a excessiva umidade e o pisoteio dos animais. Apenas a aveia está com bom desenvolvimento até o momento, caracterizando um período de escassez de oferta de alimento volumoso.

A informação consta no mais recente Informativo Conjuntural da Emater, que avalia a situação das culturas e criações no meio rural gaúcho. De acordo com o documento, essas condições exigem do produtor atenção na alimentação dos rebanhos, pois descuidos podem elevar o custo de produção e/ou incorrer em atraso na obtenção do peso esperado. Ainda, orienta que a rebrota do campo nativo e das pastagens cultivadas está muito lenta, sendo necessário fornecer sal mineral para melhorar o aproveitamento do campo nativo que perdeu qualidade.

Na bovinocultura de leite, a grande quantidade de água no solo, em função do longo período de chuvas, prejudica o manejo dos animais durante o pastejo e a condução para a ordenha. Além da redução na produção, o custo aumenta pelo uso de mais silagem e de rações concentradas. Preocupa a situação de produtores que não fizeram uma boa reserva de silagem, o que pode comprometer a alimentação dos rebanhos até a primavera.

GRÃOS

Trigo - A cultura segue seu desenvolvimento sem maiores percalços, com os produtores intensificando sua atenção no monitoramento de doenças fúngicas, uma vez que a amplitude térmica aliada à alta umidade relativa do ar predispõe à ocorrência dessas doenças. As lavouras implantadas no início do período preferencial começam a entrar em estágio de floração, não ultrapassando 1% do total cultivado nesta safra.

Cevada - As lavouras estão na fase de desenvolvimento vegetativo, com crescimento rápido e baixo perfilhamento, mas com bom stand de plantas. A elevação da temperatura e a presença de sol estimularam o crescimento das plantas nesse último período.

Canola - As lavouras continuam evoluindo, estando nas fases de desenvolvimento vegetativo, floração e, na região Noroeste, já em enchimento de grãos. O cessar das chuvas e a elevação da temperatura aceleraram o desenvolvimento das plantas. É bom o controle de ervas e baixa a incidência de doenças e pragas.

Aveia branca – A cultura se apresenta em desenvolvimento vegetativo e em início de floração. As condições climáticas foram favoráveis e as plantas estão com bom desenvolvimento e sanidade. O clima frio está favorecendo a cultura.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais