Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Campanha de vacinação contra a aftosa inicia nesta segunda-feira

Baixar Áudio por Ana Lúcia Jacomini

Se preferir, ouça este conteúdo clicando no player de áudio

Imagem Ilustrativa
Foto: Divulgação/Governo do Estado do RS

O Rio Grande do Sul está antecipando a campanha de vacinação contra a febre aftosa. O período de aplicação das doses inicia nesta segunda-feira, 16/03, e segue até o dia 14 de abril. Todos os bovinos e bubalinos, independente da idade, precisam ser vacinados.

A medida faz parte dos esforços do Estado na busca de receber a certificação internacional de zona livre sem vacinação, assim como acontece com Santa Catarina e, em breve, será com o Paraná. A próxima reunião da Organização Mundial da Saúde Animal – OIE, acontece em maio do ano que vem e um dos requisitos a ser observado para receber a certificação, é não ter nenhum animal vacinado nos últimos 12 meses.

Maurício Flores, médico veterinário que coordena a Inspetoria Veterinária e Zootécnica de Marau, explica que a campanha será desenvolvida nos mesmos moldes das anteriores. Os produtores rurais precisam adquirir as doses nas casas agropecuárias credenciadas e depois apresentar a nota fiscal para o órgão responsável. A apresentação da nota, que comprova a aquisição da vacina, pode ser feita até o dia 22 de abril. Em Marau, são quatro empresas credenciadas, entre elas a Cipramar e a Agropiá.

Conforme o profissional, todos os esforços para que o Rio Grande do Sul seja considerado zona livre de febre aftosa sem vacinação, estão relacionados com a valorização  e a sustentabilidade da cadeia produtiva de proteína animal gaúcha. Segundo Flores, a certificação é fundamental para a abertura de novos mercados internacionais e até para a circulação do animal vivo a partir do estado gaúcho.

A orientação da Inspetoria Veterinária e Zootécnica é de que os produtores busquem comprar as doses ainda nos primeiros 15 dias da campanha, ou seja, até o final deste mês de março, permitindo que as empresas agropecuárias façam a gestão adequada de seus estoques. No âmbito da IVZ de Marau, que atende também aos municípios de Camargo, Nova Alvorada e Vila Maria, o total de animais a serem vacinados é de 38.776. Destes, a maioria estão no município marauense: 18.833 animais.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais