Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Presidente da Ampla avalia reunião com governador, sobre o Distanciamento Controlado

Baixar Áudio por Ana Lúcia Jacomini

Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria

Foto: Divulgação

Marcos Oro, prefeito de David Canabarro e presidente da Associação dos Municípios do Planalto Gaúcho - Ampla, avaliou como importante mas, até então, indefinida, a reunião entre o governador Eduardo Leite e os gestores das associações de municípios, realizada nesta semana para dar rumo aos protocolos de enfrentamento a pandemia de coronavírus através do sistema de bandeiras, dentro do Programa de Distanciamento Controlado.

Em entrevista para a Tua Rádio Alvorada, Oro, que representa cerca de 400 mil pessoas – moradoras da região, explicou que os prefeitos ainda aguardavam o posicionamento orientativo por parte do Governo do Estado e da Famurs – Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul. A nota com as informações, foi publicada na manhã desta quinta-feira, 23/07. Clique aqui e leia na íntegra. Agora, com a nota oficial divulgada, os prefeitos que compõem a Ampla deverão se reunir para buscar um consenso.

Segundo Oro, é unânime o entendimento de que é preciso intensificar o trabalho de conscientização das pessoas para os cuidados, como uso de máscara e o não aglomerar-se, para que os setores da economia possam ser flexibilizados, como é o caso do comércio. Outra questão a ser debatida, conforme o presidente da associação, é o como fiscalizar as regras impostas, já que a realidade das polícias e das equipes de vigilância, são, na prática, de pouco efetivo. A entrevista, na íntegra, está disponível no ambiente de podcast.

Na entrevista, o prefeito também revelou as dificuldades enfrentadas pelos gestores municipais que precisam aliar as questões de saúde pública com os problemas econômicos gerados pela pandemia. “Não podemos fugir das responsabilidades mas temos que avaliar a real situação de quais seriam as liberdades que poderíamos levar até a nossa população, para que possamos aperfeiçoar esse modelo, que parece já estar desgastado. Queremos buscar uma solução melhor pois são quatro meses já, é um período longo e as pessoas parecem não confiar mais nesse modelo”, disse ele.

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais