Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Entenda como é feito o cálculo de projeção de infectados em Caxias do Sul

por Clayton Camargo

Prefeitura divulgou ontem que, até agosto, 51 mil pessoas devem contrair o vírus

Foto: EBC

A Prefeitura de Caxias do Sul divulgou no fim da tarde dessa quinta-feira (26) um cenário possível de infectados por coronavírus até o fim de agosto. A base de cálculos já é utilizada no mundo todo. Cientistas recorrem à matemática com intuito de combater epidemias. Mais do que estimar como será a disseminação da doença, e os números de infectados e de hospitalizações, esse modelo de cálculo auxilia no planejamento de ações para conter a disseminação da doença, como fechamento de escolas e cancelamento de eventos.

Segundo a médica infectologista e diretora das Vigilâncias em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Andréa Dal Bó, a fórmula desse cálculo foi enviada pelo Governo do Estado para, a partir dos resultados obtidos, ser desenvolvido o Plano de Contingência Municipal. “10% da população de Caxias, cerca de 510 mil habitantes, poderá ser infectada, ou seja, 51 mil pessoas, as quais podem apresentar ou não sintomas. Desses, 82% serão casos leves, o que totaliza 41 mil. 15% desse montante necessitará de internação, ou seja, 7.668 pessoas. E, por fim, 4,5% precisará de leitos na UTI, ou seja, 345 habitantes”, explica.

O secretário da SMS, Jorge Olavo Hahn Castro, salienta que a Prefeitura está permanentemente reunida, por meio do Gabinete de Crise, para acompanhar o avanço da doença e planejar as medidas da Administração Municipal. “Já estamos montando, em frente às UPAs Central e Zona Norte, estruturas que servirão para triagem e atendimento de pacientes com sintomas gripais leves, isso para não misturarmos pessoas com Covid-19 com as demais. Também já temos alinhado um Hospital de Campanha junto ao Virvi Ramos, com capacidade de 49 leitos. Ainda assim, estudamos mais um local que comporte mais 50 pessoas”.

A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) iniciou uma campanha emergencial para fazer frente à Covid-19. O objetivo é levantar recursos para a compra de material hospitalar e de proteção e equipamentos que serão destinados ao sistema público e privado de saúde em Caxias do Sul.“A ideia é apoiar a rede de atendimento aos pacientes de coronavírus, minimizando o impacto desta doença na comunidade”, afirmou o presidente da CIC Caxias, Ivanir Gasparin. Uma conta bancária em nome da CIC Caxias foi aberta para receber doações de pessoas jurídicas e físicas.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais