Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Oncologista gaúcho avalia custo do câncer de próstata metastático para o sistema público de saúde

Baixar Áudio por Beverli Rocha

Estudo liderado por Rafael José Vargas Alves, do Grupo Oncoclínicas, foi publicado no International Journal of Technology Assessment in Health Care

Dr. Rafael lidera estudo que avalia custos e projeta ações de planejamento para o tratamento da doença
Foto: Divulgação

O oncologista Rafael José Vargas Alves, do Grupo Oncoclínicas, é o primeiro autor de um estudo que estima o custo do tratamento do câncer de próstata metastático, recentemente publicado no International Journal of Technology Assessment in Health Care. O trabalho aborda o emprego da metodologia chamada Custeio Baseado em Atividade e Tempo (TDABC) aplicada no caso de um hospital filantrópico do Sistema Único de Saúde (SUS).

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. De acordo com o Dr. Rafael, essa metodologia já vinha sendo utilizada na área industrial para cálculo de custos de serviços e agora é adotada também para a área da saúde. O oncologista considera que além de uma estimativa mais acurada, o TDABC possibilita a identificação de oportunidades de melhoria nos processos, com benefícios para o paciente em toda a sua cadeia de cuidado.

“O resultado do estudo apontou que para uma mediana de sobrevida global de 1,8 ano o custo médio mensal por paciente foi de R$ 20.201,00 (US$ 5.526), sendo o custo nos últimos meses de vida foi de R$ 5.151,00 (US$ 1.409). Foram utilizados dados de pacientes que fizeram quimioterapia no Hospital Santa Rita entre setembro de 2012 e maio de 2017. Os custos levaram em conta os diferentes departamentos e serviços utilizados por eles durante o tratamento”, explica o médico, que além de atuar no atendimento clínico pacientes com câncer na Oncoclínicas RS é também professor do curso de Medicina da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

Na amostra de 43 pacientes, o custo total do tratamento chegou a R$ 917.000 (US$ 250.878). O Dr. Rafael explica que na avaliação das variáveis clínicas e sua relação com o custo total, um dos achados foi que os pacientes que não foram submetidos a tratamento local da próstata tiveram mais risco de apresentar um custo maior. Ele reforça ainda que informações precisas sobre custo do tratamento podem contribuir no gerenciamento de doenças e na gestão dos recursos públicos cada vez mais escassos.

O médico ampliou o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta quinta-feira. Confira na íntegra.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais