Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Mudanças no decreto municipal dependem do governador, diz líder do Comitê de Crise contra a Covid-19 de Caxias

Baixar Áudio por Daniel Lucas Rodrigues

Grégora Fortuna dos Passos afirma que alterações na norma do Município estão sujeitas a qual bandeira a cidade pertence no Modelo de Distanciamento Controlado

Foto: Secretaria de Turismo/Divulgação

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a chefe de Gabinete e a coordenadora do Comitê de Crise contra o Coronavírus, Grégora Fortuna dos Passos, falou sobre o trabalho da Prefeitura de Caxias do Sul no combate à Covid-19 no município.

Ao programa Em Alta desta sexta-feira (22/05), ela avaliou que o avanço da doença está sob controle na cidade por conta das medidas restritivas serem impostas ainda em março, em conjunto com a cooperação da comunidade. O trabalho de acompanhamento dos casos pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) também refletiu para esse cenário.

“Claro que temos a preocupação com os setores comerciais e industriais. Desde o começo, fizemos de tudo para que a retomada se desse com uma certa tranquilidade e o mais rápido possível.”, completa Grégora sobre o trabalho do Executivo para a volta com as atividades econômicas.

Nos últimos dias, o retorno das práticas esportivas envolveu a cidade. De um lado, proprietários de quadras de esporte solicitando a reabertura dos espaços. De outro, S.E.R Caxias e Juventude atuando para a retomada dos treinamentos, programados para o final de junho e início de julho.  A coordenadora afirma que Caxias do Sul segue o Modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado, em que a cidade se localiza na bandeira laranja. Ela salienta que, devido à norma estadual, o município não possui permissão para reabrir as quadras.

“O decreto do governador [Eduardo Leite] é claro, o município não pode ser mais flexível que o regramento do estado. Podemos ser mais rígido, proibindo mais. Entendemos que algumas situações são peculiares, estamos tentando encaminhar essas demandas ao governo estadual, como fizemos com a liberação dos buffets nos restaurantes com algumas medidas restritivas.”, completa.

Quanto aos clubes de futebol, houve um encontro entre os dirigentes de Juventude e Caxias com o prefeito Flávio Cassina para discutir o tema, durante o mês. Apenas a data foi pensada, mas Grégora afirma que Caxias do Sul precisaria estar na bandeira amarela para liberar a volta dos treinamentos. Ela fala que os dois times não possuem uma estrutura igual a da dupla GreNal, que retornaram ao campo neste mês.

“Não conseguimos comparar a estrutura que os clubes da capital têm com a dos nossos clubes. A contaminação dentro das equipes seria muito difícil de operacionalizar.”, avalia.

Questionada sobre a possibilidade de a Prefeitura decretar mais medidas restritivas, ela coloca que não há como deliberar a respeito do assunto. Tudo dependeria do governo estadual e da infraestrutura sanitária para suportar as demandas da Covid-19.

Clique na aba “Ouvir Notícia” e ouça a entrevista concedida ao jornalista Fernando Levinski e repórter Rodrigo Fischer.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais