Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Hospital Virvi Ramos testa equipamento para desinfecção do ar

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

Desenvolvido pela BioLambda, aparelho será testado por dois meses para verificar eficiência contra bactérias e vírus, como o da Covid-19

Foto: Divulgação / Hospital Virvi Ramos

O Hospital Virvi Ramos, de Caxias do Sul, foi escolhido pela empresa BioLambda, de São Paulo, para testar um equipamento de desinfecção do ar. Chamado UV Air 250, o aparelho promete eliminar até 99,9% dos vírus, bactérias, fungos e parasitas presentes no ambiente.

O equipamento foi instalado no início do mês de abril na UTI 4 do Hospital Virvi Ramos, que atende exclusivamente casos de Covid-19 e ficará lá em fase de teste por 60 dias. Seu funcionamento será acompanhado pela equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da instituição.

Conforme a Enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Virvi Ramos, Viviane Piccoli Calgaro, a presença do equipamento não elimina os demais cuidados que vêm sendo tomados. “O propósito é diminuir a carga viral do ambiente em que temos pacientes positivos ou com suspeita da doença. Isso só não retira o uso dos EPIs. Todo o cuidado que a gente tem que ter com distanciamento dentro do setor, com o uso de EPIs, locais arejados, tudo isso a gente mantém. Esse equipamento é um ganho a mais pra equipe. Então, em momentos que a gente tem uma exposição da equipe com disseminação de aerossóis, por exemplo, numa intubação, esse equipamento auxilia retirando essa carga viral de dentro do ambiente”, explicou.     

O equipamento móvel é ligado à rede elétrica e funciona sugando o ar ambiente por meio de um filtro G4. Depois, o ar trafega por 2 segundos em uma câmara espelhada contendo lâmpadas de baixa pressão de vapor de mercúrio e geradoras de alta potência de luz Ultravioleta-C, para então ser devolvido ao ambiente, já purificado.

Após o período de teste, será avaliada a eficiência do equipamento e se o mesmo será ou não adquirido pelo hospital. O valor do equipamento não foi informado. Confira mais detalhes em “Ouvir Notícia”.

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais