Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

“Tem um intuito: prejudicar nossa cidade”, declara prefeito Daniel Guerra sobre processo de impeachment

por Rodrigo Fischer

Denúncia foi rejeitada pela Câmara de Vereadores, nesta terça-feira (03/09)

Foto: Prefeitura de Caxias do Sul/Divulgação

Pela sexta vez o prefeito Daniel Guerra sofreu com um pedido de impeachment em seu mandato. A denúncia foi rejeitada pela Câmara de Vereadores, nesta terça-feira (03/09), por 14 votos a 8. Em nota, o gestor municipal repudiou o processo, afirmando que foi uma manobra com a intenção de prejudicar Caxias do Sul.

Confira abaixo o comunicado:

"A comunidade caxiense rejeita completamente o uso desse tipo de manobra que só tem um intuito: prejudicar a nossa própria cidade. Lamentamos que alguns vereadores tenham votado a favor de um pedido completamente descabido, o que revela uma agressão ao sagrado voto dos caxienses e à própria Democracia".

O autor do sexto pedido de impeachment foi o ex-subprefeito de Vila Oliva, Jefferson Côrtes Torres. A solicitação foi motivada pela construção do estacionamento do Aeroporto Hugo Cantergiani, efetuado pelo Executivo caxiense, em 2018, que envolvia uma área particular penhorada pela Justiça. Na denúncia, foi alegado que as obras beneficiaram o proprietário do terreno com a valorização do espaço, avaliado em R$ 800 mil hoje em dia. O ofício ainda menciona que o local estava penhorado devido a dívidas do proprietário decorrentes de processos trabalhistas, e que com o valor obtido com a venda do local seria suficiente para quitação da dívida. O fato caracterizaria improbidade administrativa do prefeito Daniel Guerra.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais