Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Moradores do bairro São Leopoldo pedem mais fiscalização de trânsito após morte por acidente em avenida

Baixar Áudio por Rodrigo Fischer

Reivindicação ocorre por conta de muitos motoristas ultrapassarem o limite de velocidade no local

Foto: Leonardo Portella/ Prefeitura de Caxias do Sul

A morte de Lorena Cecília Poegere decorrente de um atropelamento na Avenida São Leopoldo, na última semana, reascendeu uma antiga reivindicação dos moradores do bairro São Leopoldo, em Caxias do Sul: mais fiscalização de trânsito no local.

O pedido da comunidade é difundido por Isadora Maria Perotti, de 23 anos. Ela explica que a avenida foi revitalizada e ganhou uma duplicação a fim de garantir maior mobilidade aos veículos. Era uma luta dos moradores. Porém, dois problemas surgiram. Um é que os motoristas ultrapassam o limite de velocidade permitido da estrada.

“Essa revitalização da Avenida São Leopoldo sempre foi muito importante para a gente e ela ocorreu. Teve a duplicação da pista, mas com isso, infelizmente, a gente observa que alguns motoristas acabam não cumprindo o limite de velocidade estabelecido, que é de 40km/h. Com isso, quase que diariamente ocorrem diversos acidentes, atropelamentos e batidas. ”, detalha.

O outro está na falta de fiscalização da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM) para inibir os condutores imprudentes. Isadora pede um maior trabalho supervisão na Avenida São Leopoldo, pois o local possui um grande fluxo de pessoas pelo motivo de abrigar escolas e estabelecimentos comerciais. Ela afirma que ocorreu apenas um trabalho de fiscalização da pasta, mas somente após a morte de Lorena.

“O que a gente pede para a SMTTM é que possam fazer mais fiscalizações e tenham um olhar maior para o nosso bairro. Aqui tem UBS, tem escola, tem mercado e tem loja, é uma grande quantidade de comércio. É muito movimentada. A gente clama ao poder público por esse cuidado. Teve que acontecer uma tragédia, com a morte de Lorena, para que a fiscalização de trânsito viesse no nosso bairro.”, revela.

Isadora ainda deixa um questionamento. “Aí fica a pergunta: será que esse trabalho será corriqueiro ou será que vai ocorrer todos os dias? ”.

Procurado pela reportagem da Tua Rádio São Francisco, o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), Cristiano de Abreu Soares, preferiu não se pronunciar sobre o tema. Ele apenas coloca que o trecho onde a vítima foi atropelada não foi revitalizado pela Prefeitura de Caxias do Sul.

(Ouça as entrevistas no "Ouvir notícia" abaixo da manchete).

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais