Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Setor de serviços apresenta queda de 13,7% na economia de Caxias do Sul em maio

por Daniel Lucas Rodrigues

No mês também foram desligados mais de dois mil trabalhadores com carteira assinada

Foto: EBC/Divulgação

A economia de Caxias do Sul cresceu 14,7% no mês de maio, em comparação a abril deste ano. A informação é da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) da cidade, que apresentou os resultados econômicos nesta quinta-feira (23/07), por videoconferência. Dos principais setores (Indústria, Comércio e Serviços), o ramo industrial puxou os indicadores positivos.

A categoria apresentou um crescimento de 28,5%. A Indústria foi seguida pelo Comércio, que teve um aumento de 20,8% em maio. O setor de Serviços destoou dos outros, exibindo uma queda de 13,7%. A economista e integrante da Diretoria De Economia e Finanças da CIC, Maria Carolina Gullo, explica que a diferença foi reflexo da flexibilização nas bandeiras para reabertura dos estabelecimentos no Rio Grande do Sul, efetuada pelo governo estadual e pela prefeitura. O segmento Serviços foi o menos impactado com as mudanças. Ela prevê que em junho a categoria possa apresentar melhoras. (Ouça a fala dela)

Os índices do mercado de trabalho diminuíram 2% no município em maio. Foram demitidos 2.887 trabalhadores formais de todos os ramos econômicos. A Indústria encerrou 1.911 vínculos empregatícios, encabeçando esse saldo negativo. Logo em seguida, o setor de Serviços, junto com a Agropecuária, fecharam 783 empregos. A área do Comércio desvinculou 193 pessoas dos postos de trabalho.

Segundo a economista, a maioria das indústrias caxienses trabalham sob demanda, ocasionando em mais ou em menos contratações de funcionários para atender aos pedidos. Caso estejam baixas as solicitações pelos produtos, colaboradores de áreas ligadas à produção são demitidos. Outra justificativa é que a categoria está em um processo de automatização para algumas atividades, substituindo a mão de obra pela tecnologia. (Ouça a fala dela)

Mesmo com o progresso, as três categorias mostraram resultados abaixo se equiparado ao mesmo mês do ano anterior. A Indústria caiu 19,9%, o Comércio 30,4% e o Serviços 38%.

Clique aqui e veja os indicadores econômicos completos do mês de maio.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais