Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Sindilojas apresenta proposta para criar novos espaços que desenvolvam uma cidade inteligente em Caxias

por Daniel Lucas Rodrigues

Projeto de Lei foi encaminhado ao vereador Ricardo Daneluz (PDT), que protocolou o documento nesta semana

Foto: Divulgação/Google

Um projeto de lei (nº 57/2021) que estimula a organização de uma cidade inteligente e tecnológica, com foco na criação de novos espaços para movimentar a economia, foi protocolado na Câmara de Vereadores, em Caxias do Sul. A proposta foi enviada pelo Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) da cidade ao vereador Ricardo Daneluz (PDT). O documento foi registrado nesta semana no Legislativo.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o assessor jurídico da entidade, César Bisol, afirma que o projeto é um primeiro passo para abrir uma discussão sobre como adequar Caxias do Sul a uma cidade inteligente. Ele explica que o conceito se apoiaria no uso da tecnologia e da inovação para promover o bem-estar à comunidade. O segundo ponto seria idealizar a implementação da proposta, por meio de iniciativas que possibilitem ferramentas para que as pessoas consigam desenvolver seus propósitos.

Isso seria feito a partir da regulamentação dessas atividades, através do projeto. A futura lei ajudaria na formação de parcerias entre universidades, centros de pesquisa e empresas para constituir produtos, materiais ou serviços que permitam uma economia diversa. Além de beneficiar o comércio, a proposta poderia auxiliar, por exemplo, na simplificação do processo de registro, abertura de empresas e na concessão de alvarás; a distribuição igualitária e inteligente de investimentos externos e recursos do Município; e a extensão tecnológica.

Segundo Bisol, a discussão desse conceito ainda é novo e a cidade de Blumenau (SC) foi a inspiração para a proposta. Ele exemplifica que o município teria utilizado os dados da Uber, aplicativo de transporte de pessoas, para remanejar o trânsito de uma determinada região. As informações dariam uma noção do que realizar para evitar um congestionamento.

A proposta prevê que as atividades sejam administradas por um Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, renovado a cada dois anos. A sugestão do Sindilojas é que participem do comitê a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) e mais quatro entidades ligadas à economia caxiense. Também teriam as entradas do ente público e de instituições representativas, entre outros.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais